Toda pessoa costuma ter uma característica física que chama a atenção por onde ela passa. O #Corpo humano é cheio de pequenos “enigmas” que acabam diferenciando certos aspectos físicos. Existem #pessoas que se diferenciam por ter características pouco comuns, confira algumas delas.

Publicidade

1 – Ossos mais densos que o normal

Provavelmente você conhece alguém que nunca quebrou um braço ou perna, não que isso seja popular, mas algumas pessoas costumam ter os ossos mais densos e fortes.

Publicidade

Tudo acontece porque um gene, chamado LRP5, que é responsável pela mineração dos ossos, sofre uma espécie de deficiência. O resultado é que em algumas pessoas, os ossos se tornam muito frágeis, enquanto que em outras eles se tornam praticamente inquebráveis, além do processo de envelhecimento da pele ser mais demorado.

2 – Sangue dourado

Talvez você esteja se perguntando se isso é possível. Na verdade, não tem nada a ver diretamente com a cor, mas porque, nesse caso, o sangue não possui nenhum tipo de antígeno. Para se ter uma ideia, seu fator Rh é nulo e apenas 40 pessoas no mundo possuem essa característica.

Publicidade

Uma curiosidade é que 9 delas são doadoras de sangue, podendo ter seu sangue usado em transfusões normalmente como qualquer outra pessoa.

3 – Músculo palmar longo

Esse músculo é uma herança direta de nossos ancestrais. Antes eles tinham o costume de subir em árvores, por esse motivo, essa parte do corpo era superdesenvolvida facilitando assim sua locomoção. Muitas pessoas ainda possuem essa característica. Para saber, basta encostar seu dedão no dedo mindinho. Caso um ligamento apareça, significa que você ainda tem essa caraterística ancestral.

4 – Quimerismo

Ele acontece quando alguém possui um conjunto adicional de DNA. Geralmente, ocorre quando dois embriões se fundem, formando apenas um indivíduo, diferentemente do que acontece com os gêmeos. O resultado são cores de um dos lados do rosto diferentes, como olhos e pele.

5 – Fístula pré-auricular

Para se ter uma ideia, apenas cerca de 5% das pessoas possuem essa deficiência congênita. Sua origem pode ser explicada pela herança de algumas características ancestrais de animais que possuem brânquias. Esse buraquinho pode aparecer em uma ou nas duas orelhas.

Muitas dessas características são totalmente normais, não atrapalhando a forma com que as pessoas vivem. A única diferença é que elas são consideradas 'especiais' por manterem esse tipo de característica rara. #Curiosidades