A violência durante o namoro é cada vez mais comum e muito mais silenciosa do que você pode imaginar. É fácil identificar o sofrimento que a sua vizinha está vivendo quando ouve o marido gritar com os filhos ou proibi-los de sair. Mas é realmente difícil perceber isso quando é você que está em um relacionamento tóxico.

É preciso primeiro saber que a violência vem a qualquer momento, independentemente de você estar pouco tempo ou anos com o parceiro. Existem três tipos de violência:

1) Violência psicológica: a mais difícil de detectar porque não há nenhuma evidência tangível ou visível. Infelizmente, as consequências são dolorosas.

Publicidade
Publicidade

Algumas delas são caracterizadas, como: prejudicar a sua autoestima com piadas ofensivas e comentários depreciativos, desprezo, proibições, e até mesmo ameaças de infidelidade.

Você pode pensar em nenhum desses pontos por não ter contato físico que lhe cause dor no corpo, mas na verdade prejudica a sua mente, algo que o tempo dificilmente pode curar. Quem o ama pensa sobre o que você sente de suas ações e não faz nada que possa prejudicá-lo emocionalmente.

2) Violência física: nem sempre começa com golpes, como muitos acreditam. Começa a jogar objetos, destruindo o que você tem na mão, jogando seu telefone ou sua bolsa. Depois parte para agressão física.

3) Violência sexual: em qualquer relacionamento, seja com namorados ou maridos, não se exige que você seja íntimo se você não quiser.

Publicidade

A violência deste tipo ocorre quando o seu parceiro a obriga a ter relação desprotegida ou quando ele faz cruelmente ou pela força.

Esses 12 sinais que indicam que existem violência em seu relacionamento:

  • A ridiculariza em público com piadas ou comentários depreciativos.
  • Proíbe ou impede você de fazer o que gosta, ou sair com amigos.
  • Verifica os seus telefonemas e mensagens.
  • Pede a senha das suas redes sociais
  • Pergunta quem são algumas pessoas nas redes sociais que você adicionou e até criar algumas brigas.
  • Desconfia que é infiel.
  • Compara-se com os seus antigos parceiros.
  • Usa a força para machucá-la.
  • Destrói seus pertences.
  • Joga objetos.
  • A obriga a ter relações sexuais.
  • Faz ameaça de ferir ou matar se você deixá-lo.

Identificar a violência precoce pode salvar a sua vida. Afaste-se antes que o dano se torne irreversível. Agora que você sabe quais são os tipos de violência, você pode detectar e prevenir problemas em seu relacionamento que, além de prejudica-la, também prejudicar seus entes queridos. #Relacionamentos #Dicas #Curiosidades