Os profissionais da saúde seguem a norma da ética médica. Mesmo envolvidos em situações embaraçosas, eles não dão detalhes sobre o que acontece nos consultórios, a não ser que seja para dar um exemplo, mas sempre, é claro, sem citar nomes.

Um dos profissionais da #Saúde mais conhecidos são os ginecologistas. Eles tem tarefa importante no cuidado da saúde íntima da mulher. Eles cuidam da mulher da primeira menstruação à menopausa, fazendo de exames preventivos e até receitando as pílulas anticoncepcionais, que, além de prevenirem gravidez, ajudam também na reposição hormonal.

Nos consultórios, a paciente tem que ter confiança no profissional que a está atendendo.

Publicidade
Publicidade

Os médicos atendem mulheres de todas as idades. É comum eles receberem jovens moças, mas também as mulheres mais idosas. Eles são verdadeiros companheiros e, no geral, guardam bastante segredos do que veem.

No entanto, apesar de não falarem muitas coisas às mulheres que estão à sua frente, os ginecologistas passam por situações delicadas. Eles tem que olhar todos os tipos de ferimentos e saber lidar também com as chamadas DSTs, as doenças sexualmente transmissíveis.

Pensando nisso, veja uma lista de curiosidades sobre algumas coisas que os ginecologistas têm vontade de falar, mas não dizem para suas pacientes:

1 - Nada de desculpas

Ginecologistas estão acostumados a verem regiões íntimas o dia inteiro. Não há porque no momento “H” a mulher falar que não fez a depilação das pernas ou da parte íntima.

Publicidade

Caso ela realmente se preocupe com o fator estético, o melhor é pensar antes de ir ao consultório. Lembre-se que a consulta é agendada e até em casos emergenciais a mulher sabe onde está indo. Além disso, pesquisas indicam que os pelos ajudam na saúde da mulher. Os próprios médicos não recomendam que elas tirem todos os pelos pubianos.

2 - Dizer que pesquisou algo na internet e contestar o diagnóstico

Quando a mulher está indo a um ginecologista é porque confia nele. Por isso, não dê ao profissional uma resposta do Google.

3 - Falta de exames de prevenção e muitas desculpas

Médicos não gostam de mulheres que não se previnem e ainda dão desculpas sobre isso.

4 - Algumas mulheres até escondem os sintomas

Nunca vá ao ginecologista com medo dele. Fale tudo, até aquilo que você acha sem importância. Isso ajuda no diagnóstico.

5 - Elas pensam que os hormônios são os únicos responsáveis pela libido

Não dá para colocar culpa em tudo nos hormônios. #SaudeFeminina #UniversoFeminino