Primeiro, saiba que a liberdade (e o dinheiro) nos permite comer o que quisermos. Desta forma, não se sinta constrangido de comer excremento de bactéria ou moído de ossos, só porque você leu o artigo. O importante é você saber de onde vem o alimento que você consome, para que sua decisão seja feita com bases científicas e não apenas de sabores, o que realmente é difícil, mas vale a informação.

É garantido que muita gente não sabe de onde vem o aspartame, ou até o saboroso marshmallow que você e seus filhos tanto adoram.

Então agora fique sabendo como alguns dos #alimentos mais comuns são feitos (de formas mais estranhas possíveis):

1 - Marshmallow

Esses doces tão saborosos e tão comuns em festas de crianças são preparados de uma forma que se você vir, jamais voltará a consumir.

Publicidade
Publicidade

Então, sem fotos, apenas com a informação: eles são feitos com resíduos de gordura de suínos que não são utilizados na indústria de proteína animal. É claro que, em questão de segurança alimentar, todos os procedimentos são adotados, mas de fato o doce é feito com o resto do resto do porco.

2 - Kani

O populare kani deveria ser feitos de carne de carangueiro, certo? Essa era a ideia, mas não é. Eles são feitos de amido de milho e restos de peixe que não foram utilizados pela indústria alimentícia. O kani comercial não tem nem um pouco da carne de caranguejo. E o rosado da peça ainda contém corante que deve ser evitado.

3 - Batatas Pringles

Se engana quem acha que está comendo uma batata 100% pura, quando come esse alimento. Ele é composto de várias coisas, como arroz, milho, trigo e até a batata.

Publicidade

Aparentemente, a história conta que isso dava-se nos primórdios do lançamento do produto por conta da política de impostos do Reino Unido. Fato é que não se trata de batata.

4 - Sucos de caixinha

Primeiro são compostos de corantes e vários produtos que enganam seu paladar. A fruta mesmo compõe cerca de 2 a 5% do produto. Além disso, conservantes potencialmente cancerígenos garantem a conservação do produto por muito mais tempo.

5 - Chocolate Batom da Garoto

Menos mal que é feito com cera de abelha. Não o mel, a cera mesmo. Além disso, são adicionados óleos e conservantes para manter a validade do produto.

6 - Gelatinas

Talvez você já saiba que a gelatina é feita do tutano do osso e couro do boi. Mas e para derreter o tutano? A carcaça do animal é lavada com ácido e vai para uma solução de cal onde fica 10 semanas. Logo depois é fervida a 145 ºC e depois resfriado, para ficar sólido. Depois é só colocar corante e sabor artificial.

7. Aspartame

Muito tóxica a substância, que além de estar presente nos adoçantes mais comuns do planeta ainda é usada para adoçar refrigerantes e outros produtos dietéticos. Segundo o site Fatos Desconhecidos, são mais de 4 mil produtos que utilizam o produto. Agora você sabia que ele é resultado do excremento de uma bactéria nociva chamada E.Coli? O cocô dessa bactéria é a origem do aspartame, uma substância muito doce. #Curiosidade #como são feitos