Muitas mulheres têm um grande sonho em suas vidas, engravidar. Essa sensação não é tão fácil assim de ser resolvida por muitas delas. Infelizmente, nem todas as representantes do gênero feminino vão conseguir gerar uma criança em seu ventre e isso acontece pelos mais diferentes fatores. De acordo com o especialista em reprodução humana e ginecologista, o médico Marcelo Valle, isso acontece pelas mais variáveis situações. O ginecologista explica que o ovário da mulher, muitas vezes, não tem a qualidade necessária, mas nem sempre a "culpa" da não gravidez é da mulher. Muitos casais demoram para descobrir que o problema está no sêmen do parceiro.

Publicidade
Publicidade

O especialista em reprodução garante que 8 em cada 10 casais, após passarem por vários exames, conseguem descobrir a razão pela qual não engravidam. Isso é essencial para tratamentos alternativos ou até recorrer à adoção. 20% dos casais que procuram clínicas de fertilização, no entanto, não tem causa explicada para a infertilidade. Ou seja, mesmo com o corpo perfeito e o casal tendo relações íntimas frequentemente, simplesmente, a mulher não engravida. A infertilidade costuma ser uma curiosidade muito grande das mulheres. Por isso, citamos a seguir oito coisas que são causadoras da infertilidade nelas.

1 - Necessidade de vitamina D - Esse tipo de substância tem papel importante na fecundação, pois trabalha no chamado período de maturação folicular do óvulo. Graças à vitamina D, o óvulo da mulher pode ou não ser saudável.

Publicidade

Em alguns casos, apenas a reposição da vitamina já ajuda a mulher a engravidar.

2 - Excesso de açúcar - As enzimas podem causar disfunções metabólicas tão graves que teriam o poder, inclusive, de prejudicar o sistema reprodutor da mulher.

3 - Alguns remédios - Especialmente os ácidos teriam a capacidade de gerar infertilidade. Às vezes, alguns tratamentos para acnes têm esse poder. Por isso, o acompanhamento do tratamento é tão importante.

4 - Obesidade - Gordura, colesterol e as doenças adquiridas com o aumento do peso também podem prejudicar a mulher nesse momento. O número de abortos também é maior entre pessoas acima do peso.

5 - Diabetes - Assim como o açúcar, tem capacidade de mudar as funções do metabolismo do corpo.

6 - Doenças autoimunes - Além de diminuírem a resistência do corpo, essas doenças têm acompanhamento com remédios fortes, que, muitas vezes, causam infertilidade.

7 - Câncer - O que todo mundo sabe é que o câncer é uma doença gravíssima que afeta milhares de brasileiros e os tratamentos quimioterápicos podem acabar com a reserva folicular ovariana da mulher.

8 - Operações na barriga - Alguns procedimentos cirúrgicos do passado, como a retira do apêndice, podem acabar prejudicando o sistema reprodutor. #Saúde