No universo da ficção, há personagens de todos os tipos. Há personagens ruins, medianos, indiferentes, bons, excelentes, maravilhosos, esplêndidos. E há #goku, para quem os melhores dicionários, gramáticos e linguistas desconhecem adjetivos capazes de qualificar com justiça sua grandeza – coisa que, por si só, deveria ensejar uma data apenas para celebrar sua existência.

E não é que essa data já existe? E é hoje: 9 de maio. A história é recente. Em 2015, a Associação de Aniversários do Japão reconheceu um pedido da Toei Animation, distribuidora da franquia #Dragon Ball, para que o dia 9 de maio fosse oficialmente declarado Dia do Goku.

Publicidade
Publicidade

A razão da escolha da data é um tanto curiosa. Em japonês, os números 5 e 9 podem ser lidos, respectivamente, "go" e "ku" – lá, eles contam o mês antes do dia. Logo, 9/5 = Goku. O anúncio foi feito em Shinjuku [VIDEO], em Tóquio, durante um evento de celebração dos 30 anos do mangá e do #anime, ocasião em que também houve o lançamento do 15º filme da saga, Dragon Ball Z: O Renascimento de Freeza.

Masako Nozawa, dubladora original do protagonista da série, foi durante o evento nomeada “Mãe de Dragon Ball”. Dubladora? Mãe? Sim, é isso mesmo. A voz original de Goku sempre foi feita por Masako, uma mulher, que, a propósito, no final do ano passado teve seu nome incluído no Livro dos Recordes, o Guinness Book, pelo maior tempo de carreira dublando o mesmo personagem de um videogame – Son Goku, o herói das Esferas do Dragão, é claro.

Publicidade

A informação sempre acaba surpreendendo muitos fãs da série. Contudo, não deveriam ficar tão surpresos assim. Na versão brasileira, a primeira voz do maior herói da história dos animes também foi emprestada por uma mulher. Úrsula Bezerra dublou o Goku criança de Dragon Ball e de Dragon Ball GT – e foi também um trabalho maravilhoso.

Porém, não há dúvida de que a voz mais conhecida de Goku, entre os brasileiros, aquela que até hoje vive na memória e vibra nos corações, foi emprestadada pelo incrível Wendel Bezerra, que dublou o Goku adulto – e cujo “Kamehameha” se repete, até hoje, cheio de saudade. (E quem nunca tentou se transformar em super saiyajin durante o banho, não é mesmo?)

Bezerra e Bezerra… Pois é, os dois dubladores brasileiros de Goku, a cujo trabalho de décadas se deve parte relevante de muitas infâncias, são irmãos. Que família!

Portanto, sim, hoje é Dia do Goku! E é dia também de reconhecer e celebrar os mestres que deram voz ao queridos heróis. É dia de Masako Nozawa e é dia dos irmãos Bezerra.

Como a essa altura vocês já devem estar saudosistas, por que não comemorar esse dia especial assistindo à vitória de Goku sobre o terrível Majin Boo?