Já diziam os estudiosos da escola filosófica estoica, na Antiguidade Clássica: há coisas que não estão sob o controle das pessoas, praticamente tudo, e coisas que estão sob o controle, praticamente apenas como as pessoas agem, especialmente como reagem às situações. É verdade que ninguém está a salvo quando o assunto é 'situação constrangedora'. Por outro lado, algumas pessoas dão, como se diz, 'muita sopa para o azar'.

A seguir, apresentamos sete exemplos de pessoas que foram além do cumprimento estrito do dever para pagar mico:

1 - Diante do ídolo

Tanta gente sonha em encontrar o ídolo e ficar frente a frente com a celebridade, não é mesmo? Muitas dessas pessoas certamente temem dar vexame, gaguejar o tempo todo, ficar paralisadas, cair no choro, ficar agitadas demais, etc.

Publicidade
Publicidade

Ainda assim, o sujeito da foto, provavelmente bêbado demais para conversar com o ídolo, dormiu na foto.

2 - "Meu gatinho, salvem meu gatinho!"

Quando os bombeiros americanos estão cansados de resgatar gatinhos presos no alto das árvores (a julgar pelos filmes e desenhos animados não só eles fazem isso como não fazem outra coisa), eles podem resgatar mulheres sem-noção entaladas em brinquedos infantis.

3 - Caindo como uma pedra

Na empolgação, as pessoas fazem coisas das quais vão se arrepender por um longo tempo - pelo menos enquanto as fraturas não sararem ou os antibióticos não derem cabo da DST. No caso em pauta, imagine o horror da moça quando percebeu que ninguém estava particularmente interessado - ou confiante - na possibilidade de segurá-la e aguentá-la. Durante aqueles poucos instantes de queda, a vida inteira deve ter passado diante de seus olhos.

Publicidade

4 - Tão perto e, ao mesmo tempo, tão longe

Ele finalmente tinha conseguido. Seus corpos em contato, as pernas enroladas no pescoço, para, no fim, só servir de escada para ela encontrar seu verdadeiro amor.

5 - "Espera aí que eu já volto"

Muita gente vai reclamar, dizer que é uma barbaridade, um absurdo, violação de direitos humanos, direitos da criança, etc. Mas essa gente não sabe quantos filhos e quantos carrinhos de compras o sujeito já perdeu no supermercado.

6 - Cara a cara

Estão disputando cabeça a cabeça e ela foi derrotada por alguém que tem a boca maior do que o estômago (dela). A Humanidade tem várias vantagens sobre as bestas selvagens - cultura, inteligência, ciência, etc. - mas, superioridade no corpo a corpo não costuma ser uma delas.

7 - Semelhante, mas nem tanto

Diferente dos políticos brasileiros, que vivem de rabo preso, ela está com uma peça de roupa estranha pendurada. O problema dela se resolve com cuidado, o que é mais fácil de adquirir do que caráter. #humor #imagens