A prostituição, já diria o velho jargão popular, é uma das profissões mais antigas do mundo. Os séculos passam, a sociedade muda, mas ainda existem muitas pessoas, forçadas ou não, que ganham dinheiro vendendo o próprio corpo. Ainda assim, homens e mulheres que colocam o tempo e corpo à venda são vítimas do preconceito da sociedade.

Muitas pessoas enxergam a atividade como algo ruim e até a relacionam com pensamentos religiosos. É comum muitos homens que criticam e acham a atividade um absurdo já terem sido clientes pelo menos um vez dessas garotas. No passado, muitos pais iniciavam os seus filhos sexualmente através dessa maneira.

Publicidade
Publicidade

O que pouca gente sabe é que uma garota de programa tem muitos segredos, e, certamente, elas não contam isso para os seus clientes. Pensando nos segredos delas, decidimos falar sobre cinco coisas perturbadoras que essas profissionais vivem ou sabem e que não contam a ninguém.

1 - Muitos clientes só contratam os serviços dessas garotas para maltratá-las

O estigma relacionado à profissão faz com que muitos homens tratem essas mulheres com agressividade ou como um verdadeiro lixo. Por terem pago pelos serviços, eles acreditam que estão livres de qualquer tipo de conquista ou educação. Não é bem assim. Apesar do dinheiro, elas continuam sendo seres humanos e não se sentem bem com qualquer tipo de violência.

2 - Muitas odeiam o que fazem e a condição de trabalho é terrível

Poucas vezes a roupa de cama de um bordel costumam ser trocadas e toalhas de banho não tem o cuidado adequado, a fim de evitar uma doença.

Publicidade

Além disso, mesmo com preservativos, doenças sexualmente transmissíveis podem ser adquiridas pelos clientes - um simples beijo pode trazer uma herpes. Já o contato com o corpo, em alguns casos, transmite até mesmo a sífilis. Essa doença, em estágio avançado, transforma-se em uma verdadeira "comedora" de cérebro.

3 - Muitas prostitutas secretamente desaprovam a traição

Não é porque elas ficam com muitos homens que acham certo um marido trocar sua esposa por uma garota de programa. No geral, isso é bem diferente.

4 - Não é divertido

Algumas pessoas podem achar que trabalhar com isso é divertido, mas não é bem verdade. Algumas profissionais tem fortes quadros de depressão e precisam de ajuda médica.

5 - Elas não costumam avaliar o desempenho do cliente, apenas estão esperando tudo acabar

A maior preocupação dessas profissionais não é se o cliente vai ser bom ou não. Nesse momento, apenas o que interessa é que tudo acabe e ela receba o dinheiro. #Curiosidades