Todo mundo te segredos que não compartilha com ninguém. Alguns são coisas reveladoras que podem destruir muitas relações do indivíduo, mas outras são coisas simples que as pessoas não revelam apenas por terem vergonha de serem julgadas ou porque não surgiram oportunidades ainda. Os segredos podem existir também em #Relacionamentos e isso pode ser prejudicial para a relação a dois.

Quando se fala de segredos nos relacionamentos, os mais comuns são os desejos e vontades sexualmente falando. Os homens têm segredos, mas eles têm maior liberdade para falar sobre isso. Logo, seus segredos são menores e muitas vezes não ficam escondidos por muito tempo.

Publicidade
Publicidade

Já as mulheres podem, em decorrência de preconceito, enfrentar algumas barreiras quando o assunto é falar sobre seus segredos relacionados à relação sexual. Assim, elas acabam guardando suas vontades muitas vezes por toda a vida.

É importante esclarecer que, devido à subjetividade do ser, cada mulher tem suas vontades e desejos, mas, no geral, elas costumam apresentar algumas vontades em comum. Além disso, muitas mulheres não falam sobre seus desejos, pois há pessoas que consideram o sexo como assunto proibido, algo que é extremamente prejudicial neste caso e também no ganho de informações sobre assunto. Assim, muitas mulheres continuam sem falar de suas vontades e acham que é o certo a fazer. Confira algumas delas.

Uso de brinquedos e produtos eróticos

Isso pode ser um desejo bem comum entre as mulheres, mas com medo da reação que o parceiro pode ter ou ainda por vergonha de ir atrás dos objetos, elas acabam guardando a vontade para elas mesmas.

Publicidade

As vontades variam de brinquedos mais elaborados até alguns produtos para massagens.

Dominação

Vez ou outra é extremamente comum as mulheres sentirem o desejo de ser dominada pelo parceiro, assim poderiam ter algo novo na relação. Porém, elas dificilmente revelam isso ao companheiro.

Frases

Neste tópico há dois grupos: aquelas que gostam de ouvir frases e querem que seus parceiros caprichem mais no que falam e aquelas que não gostam de ouvir e querem que seus parceiros respeitem seus gostos na hora “H”. Para saber a qual grupo sua parceira pertence, a melhor solução é o diálogo. O diálogo será o responsável não apenas para solução deste problema, mas também para outros que tangem os desejos e vontades na hora “H” tanto do homem quanto da mulher.

Mais uma vez é importante lembrar que nem todas as mulheres sentem o mesmo desejo. Logo, é necessário que haja muito diálogo entre o casal para que um conheça o outro e saiba o que mais agrada em um momento tão íntimo que é a relação sexual. #UniversoFeminino #Curiosidades