As atendentes de bordo sempre chamaram a atenção pela elegância e competência. Elas prestam serviços aos usuarios de transportes aéreos e também ensinam aos passageiros os procedimentos de segurança e emergência.

Até aí, tudo é basicamente igual em todas as empresas aéreas, ou quase todas.

A história muda quando a criatividade de algumas pessoas ultrapassa o limite da normalidade. Foi o que aconteceu quando a vietnamita Nguyen Thi Phuong Thao resolveu inovar no quesito, para se tornar a primeira bilionária de seu país.

Ela inovou a Air Line Vietjet e implantou um modo de atendimento diferenciado.

A empresa conta com uma equipe de atendimento nada comum.

Publicidade
Publicidade

As atendentes de bordo trabalham de biquíni e roupas sexy, tudo para agradar os clientes.

Atualmente, a VietJet é a única #companhia aérea privada do país, mas tudo indica que logo se tornará pública. Por causa do sucesso das atendentes, que são lindas e diferentes de outras companhias, a empresa conseguiu uma cota de 30% a mais no mercado da indústria em apenas poucos meses.

Acredita-se que rapidamente a fundadora se tornará a primeira mulher 'bilionária' do país. Segundo Thao, as atendentes podem usar qualquer coisa que gostem, desde biquíni a algo mais tradicional.

Elas fazem tanto sucesso, que se tornaram modelos de calendários.

Nguyen Thi Phuong Thao já tem 95% da VietJet Air, o que a torna umas das mais ricas do Vietnã.

Publicidade

A expectativa, segundo Thao é de que, ao se tornar pública, a VietJet renda cerca de pelo menos 1,3 bilhões de dólares.

Apesar das críticas, Thao não se importa que a companhia aérea seja associada a uma imagem de biquíne, por exemplo, o que importa é que as pessoas fiquem felizes pelo atendimento recebido, e, aparentemente, no que diz respeito ao sucesso que está fazendo, tudo indica que o público está contente com esse serviço oferecido.

Já pensou em ser comissário de bordo?

Saiba quais são alguns requisitos básicos:

1) Altura: de acordo com a Lei, as mulheres que querem ingressar devem ter, no mínimo, 1,58 metro de altura.

2) Idade: não existe idade máxima para ser comissária de bordo, porém, existe a mínima, que é de 18 anos.

3) Escolaridade: não é preciso ter curso superior, apenas o ensino médio completo.

4) Formatação: é necessário que os interessados tenham um curso de formação de comissários de bordo e que seja homologado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Publicidade

5) Exame da ANAC: se aprovado, realizará provas que são ministradas pela ANAC, para comprovação dos conhecimentos requeridos da profissão. São provas teóricas e práticas.

6) Exames médicos: os exames médicos são realizados no Hospital da Aeronáutica e retire o Certificado de Capacidade Física, que fornecerá um documento para comprovar que o candidato está apto para realizar as tarefas da profissão.

7) Psicológicas: a maioria das companhias aéreas avaliam as características psicológicas do candidato.

8) Treinamento: após passar por todas as etapas, o candidato irá fazer um treinamento interno dentro da empresa, num total de aproximadamente 27 horas/aula.

9) Prova prática da ANAC: após o treinamento, o candidato irá passar por uma prova prática, que é a parte final, de 15 horas de voo, que é chamado de cheque. #Dicas #Curiosidades