Se você não vive em uma galáxia muito, muito distante sem internet e sem qualquer contato com a Aliança Galáctica e nem com Orla Exterior, você provavelmente já conhece ou já ouviu falar sobre essa franquia gigantesca que se popularizou por toda a cultura pop chamada “#Star Wars”. Criada pelo mestre jedi George Lucas, a franquia completa este mês 40 anos.

O lançamento do primeiro filme foi em 25 de maio de 1977, mas a saga soma um total de 12 produções para o cinema. Nove já foram lançados, enquanto “Os Últimos Jedi” estreará no final deste ano e mais dois filmes já estão confirmados. Há também diversos livros, jogos e animações, que aumentam ainda mais o universo de “Star Wars”.

Publicidade
Publicidade

Se você é realmente fã da franquia, deve saber que dia 4 de maio é o feriado intergaláctico de todos os fãs por ser o Dia de Star Wars. Isso por causa de um trocadilho com a maneira de se falar a frase icônica em inglês: “May the force be with you”, que significa “Que a força esteja com você”, em português. É a famosa citação falada em praticamente todos os filmes, séries e jogos que citem “Star Wars”.

Neste dia, os fãs comumente dizem “May the fourth be with you” (“Quatro de maio esteja com você”). Veja mais curiosidades sobre a saga:

Star Wars era um filme desacreditado

George Lucas chegou a apresentar a ideia do filme para vários estúdios, mas sempre era rejeitado, pois falavam que um filme como aquele não iria vender. Até que ele apresentou “Star Wars” para Alan Ladd Jr., o chefe do departamento da 20th Century Fox.

Publicidade

Ladd, um ex-produtor, reconheceu o potencial de George, mais até do que do próprio filme.

Mark Hamill, o ator que interpretou Luke Skywalker, é o dublador do Coringa

Se você já jogou algum jogo da saga “Batman Arkham” ou já viu algum filme de animação da DC em inglês, já deve ter ouvido a dublagem icônica que Mark Hamill faz para dar vida a esse vilão mais famoso da DC e das HQs, o Coringa (ou se você preferir Joker, na versão em inglês). Ele teve outros trabalhos como dublador, mas seu papel incrível como Coringa se destacou a tal ponto de se tornar o dublador oficial do personagem.

O caminho de Harrison Ford até chegar em Star Wars

Harrison Ford quase abandonou a carreira de ator para trabalhar com carpintaria, onde talvez tivesse ficado se não fosse por um jovem mestre jedi chamado George Lucas. Em 1973, George escalou Ford para o elenco de seu filme “American Graffiti” (“Loucuras de Verão”, no título em português), clássico tributo à juventude do início dos anos 1960.

Em seguida, Ford foi coadjuvante no elogiado “A Conversação”, dirigido por Francis Ford Coppola.

Publicidade

Mas, foi Lucas quem, finalmente, transformou o ator em celebridade com “Star Wars”. Porém, só ganhou U$ 10 mil (R$ 32 mil) para interpretar Han Solo no primeiro filme.

Os movimentos do Robô R2-D2 eram feitos pelo ator anão Kenny Baker

Sendo você fã ou não da franquia não tem como não simpatizar com o melhor robô de todos os tempos, R2-D2, um droide astromecânico responsável por manutenção e navegação de astronave, que se comunica com uma linguagem de bipes e sons eletrônicos. Mas o que algumas pessoas não sabem é que tinha uma pessoa dentro da fantasia de robô, Kenny Baker, um anão e ator com apenas 1,12 metro de altura.

Mais uma burrice da Fox

Se você conhece a 20th Century Fox sabe que ela já fez muita burrada, como quase cancelar “Family Guy”, fazer aquele “filme” que ela chamou de “Quarteto Fantástico” e também já deu todo o direito de merchandising em troca de não ter que pagar o salário de diretor para George Lucas. Não admira que “Os Simpsons” e “Family Guy” sempre tirem sarro da Fox. #MayTheFourthBeWithYou #StarWarsDay