Uma dupla de irmãos indianos, o menino Keshav Kumar, de um ano e meio, e sua irmã Anjali Kumari, de sete anos, sofrem de uma doença que lembra a do personagem-título do filme O Curioso Caso de Benjamin Button, estrelado por Brad Pitt e baseado em um conto do escritor americano F. Fitzgerald Scott.

Não que eles tenham nascido velhos e estejam rejuvenescendo com o passar do tempo - infelizmente. O que acontece é que eles têm rostos inchados, pele enrugada e sofrem de problemas nas articulações. A condição de que os dois sofrem pode ser um tipo raro de progéria - enfermidade de origem genética em que sintomas parecidos com os do envelhecimento apresentam-se e cujos portadores dificilmente conseguem passar dos 13 anos de idade - ou uma doença chamada cutis laxa, que se caracteriza por defeitos do tecido conjuntivo, o qual dá suporte aos órgãos e outros tecidos do corpo e pode ser mortal dependendo dos órgãos afetados.

Publicidade
Publicidade

Os dois males têm sintomas parecidos.

Anjali diz que, na escola onde estuda, as crianças chamam-na de nomes como "avó", "velha", "macaca" e "bandariya" [VIDEO] (um macaco guerreiro da mitologia hindu) e que isso a chateia muito. Ela explica que deseja ser tratada como uma criança comum, aceita pela pessoa que é. Ela diz desejar muito uma cura e lamenta que sua aparência constranja sua família. Ela diz que gostaria de ser bonita como a irmã, Shilpi, de 11 anos de idade, a qual não sofre do problema.

Infelizmente, apesar do desejo de cura nutrido por Anjali e sua família, os médicos locais disseram não possuir uma solução para o problema e que, se houver qualquer esperança, ela estará em recorrer a profissionais estrangeiros, explicou o pai das crianças, Shatrughan Rajak. Ele tem 40 anos de idade, trabalha em uma lavanderia e ganha pouco mais de 160 reais.

Publicidade

Sua mulher e mãe das crianças, diz que massageia as pernas da filha o tempo todo, pois a menina sente muita dor nas articulações. Ela acrescenta que o filho mais novo ainda não entende a sua condição, mas Anjali, que já vai à escola, tem plena consciência de sua aparência e pergunta à mãe quando ela será como sua irmã mais velha.

Shilpi, aliás, tem um forte sentimento de proteção em relação aos irmãos mais novos. Ela diz que se entristece quando as pessoas os ofendem e disse que vai fazer o possível para ensiná-los a ser fortes e que espera que eles tenham a melhor educação possível, para que possam ser independentes.

O doutor Kailash Prasad, especialista em saúde infantil que atua em um hospital em Ranchi, capital do estado de Jharkhand e cidade em que moram Keshavi, Anjali, a irmã deles e seus pais, examinou as crianças e diz que o estado delas está estável no momento, mas os sintomas de envelhecimento já começaram se manifestar e o risco de desenvolvimento de artrite, problemas cardíacos e outros males mais comuns em pessoas de idade avançada.

Publicidade

Além disso, diz o médico, a imunidade deles é muito baixa. “Parte meu coração (a situação)", resume o pai das crianças, “estou rezando por um milagre”. #garotinhos de 80 anos #História