As crianças são muito imprevisíveis. No mesmo momento em que ela está ao alcance de seus olhos e está bem, num piscar de olhos pode fazer uma travessura e acabar se machucando. Veja essa história que ilustra bem isso.

Neste caso ocorrido fora do Brasil, a jovem Laura Collins saiu para levar seu filho Jack para um passeio na praia. Ela e o garoto de 5 anos estavam ansiosos pela diversão, pois o dia estava com um belo sol, muito bom para brincadeiras no mar e na areia.

Havia muitas outras crianças no local e isso incentivou Jack a explorar o local. Naturalmente, o garoto brincou na praia. Um tempo depois, a mãe escutou o filho gritar de uma maneira ensurdecedora.

Publicidade
Publicidade

O menino estava jogado ao chão sentindo muitas dores, mas não sabia dizer o que estava acontecendo. Desesperada com os gritos do garoto, Laura retornou ao hotel no qual estavam hospedados a fim de pedir ajuda para socorrer o filho.

Chegando lá, os funcionários do hotel prontamente ligaram para uma ambulância. Estavam todos muito preocupados com o estado de Jack. Enquanto os médicos não chegavam, a mãe foi observar o filho e tentar entender o que acontecia. Então, após uma análise, percebeu que o menino segurava o calção e algo lhe incomodava na região genital.

Chegando lá, a ambulância levou imediatamente o menino Jack para o hospital. Perceberam que um protetor interno de seu calção, parecido com uma rede, estava todo enroscado em seu órgão genital. Por isso, estava lhe causando tanta dor, pois estava muito apertado.

Publicidade

O menino ficou por horas com os médicos, que cortaram parte da bermuda. Jack recebeu algumas anestesias locais e conseguiram remover a bermuda do órgão do garoto. Como prevenção, o menino ainda ficou em observação por alguns dias no hospital .Por fim, o menino recebeu alta e saiu ileso da situação.

Irritada, a mãe pediu para que as mães não utilizem desse tipo de bermuda em seus filhos, para que evitem tais acontecimentos desagradáveis. Ela descobriu que o caso de seu filho não era o único, O que era para proteger, acabou tendo efeito contrário.

Depois do incidente com Laura e Jack, a empresa fabricante da bermuda retirou todos os lotes deste modelo das lojas, comprovado que com #criança não se brinca. Ainda bem que tudo terminou com o menino saudável e sem nenhum problema maior.

As crianças são mais frágeis e algumas não sabem dizer o que sentem, como no caso de Jack. Temos de ter todo o cuidado com tudo no que se refere às crianças. #Curiosidade #LauraCollins