O homem mais gordo do mundo, que uma vez pesou quase 600 kg e passou sete anos apenas na cama, poderá fazer uma #Cirurgia bariátrica após conseguir perder aproximadamente 200 kg em 3 meses.

A cirurgia possibilitará que ele volte a caminhar.

O mais obeso do mundo

Juan Pedro Franco, que uma vez pesou mais de meia tonelada, fez uma dieta de três meses para se preparar para uma cirurgia, que ocorrerá em 9 de maio.

O homem, de 32 anos, de Aguascalientes, no México, é quase tão obeso quanto o mexicano Manuel Uribe - que já foi considerado o homem mais gordo do mundo em 2007, segundo o Guiness World Records, ao pesar 597 kg, mas morreu em 2014.

Publicidade
Publicidade

Uribe faleceu aos 48 anos por conta de uma arritmia cardíaca, bem como por perda de líquido das pernas. Quando morreu, pesava 394 kg.

Juan Pedro Franco sempre esteve cercado por médicos, pois pesava mais de meia tonelada. Usando equipamentos especiais e uma ambulância diferenciada, ele foi removido de sua casa e levado para o hospital, informou a agência de notícias mexicana Xinhua.

Segue vídeo de Juan Pedro Franco quando tinha aproximadamente 500 kg. O rapaz, toca violão deitado na cama, pois não pode ficar em pé:

Cirurgia bariátrica

Juan passará por duas cirurgias, uma agora em maio (9) e outra em novembro. O nome do procedimento é Derivação Biliopancreática tipo Bypass gástrico em dois tempos.

As cirurgias são consideradas de altíssimo risco porque o rapaz tem diversas doenças, como #obesidade mórbida, diabetes, insuficiência coronariana obstrutiva crônica, hipotireoidismo e já esteve em coma, conforme explicou o médico José Antonio Castañeda.

Publicidade

Por conta disso, seus órgãos poderão falhar a qualquer momento e ele precisa passar pelos procedimentos cirúrgicos.

Franco lutou contra a obesidade toda sua vida, mas aumentou desenfreadamente de peso após os 17 anos de idade.

A mãe do paciente, Maria de Jesus Salas Lemus, está otimista sobre o resultado da primeira cirurgia.

O médico de Juan Franco, José Castaneda, irá trabalhar em conjunto com outros especialistas para o procedimento, como uma equipe de dois anestesistas e um cardiologista, que vigiará os sinais vitais de Juan durante o procedimento.

México e a obesidade

De acordo com a Organização Mundial de #Saúde, o México é o líder global quando se consideram os índices de obesidade apresentados pelo país. Aproximadamente 35% dos adolescentes mexicanos tem sobrepeso ou são obesos.

No final de 2016, o Governo Mexicano declarou situação de emergência por conta da diabetes, a qual afeta 118 milhões de nacionais. A doença provocou a morte de quase 100 mil pessoas no ano de 2015, sendo que a maioria dos casos é visualizado em pessoas com sobrepeso ou com obesidade mórbida, como no caso de Juan Pedro Franco, que não é isolada e acomete até mesmo as pessoas mais jovens.