Todo mundo tem problemas, até mesmo os famosos. Muitas histórias de grandes celebridades brasileiras, simplesmente, ficam ocultas nos bastidores. Outras acabam aparecendo anos depois. nesta sexta-feira (12), o TV Foco, site especializado em televisão, lembrou um pouco da história do ator Charles Paraventi. Todo mundo que gosta ou gostou da novelinha teen “Malhação” tem um personagem preferido ou pelo menos inesquecível. Charles foi um dos atores que integrou parte dessa história, que está há mais de vinte anos no ar. No folhetim, ele interpretou o professor Afrânio, um cara boa praça e engraçado, que sabia lidar muito bem com os estudantes para os quais dava aula.

Publicidade
Publicidade

O que muita gente não sabe é que a vida do profissional da dramaturgia, após a novela da Rede Globo de Televisão, acabou virando um grande inferno. Ele estava enfrentando um processo judicial, que se estendia por anos. Esse processo acabou dando consequências terríveis a ele. Uma delas ocorreu no ano de 2011, quando a celebridade acabou presa. Certamente, um momento que ele não deve esquecer tão cedo. Na época, o ator foi parar em uma penitenciária por conta de uma acusação grave, baseada na conhecida Lei Maria da Penha. O famoso tinha recebido a acusação de bater em sua mulher e também de agredi-la verbalmente.

De acordo com informações do jornalista Leo Dias, do jornal 'O Dia' e do 'Fofocalizando', do SBT, tal acusação deixou o ator completamente desolado. No entanto, essa fase acabou.

Publicidade

Isso porque uma magistrada carioca acabou decidindo encerrar todo o processo que existia contra ele. A juíza disse que diante dos fatos e das provas ficou na dúvida se as agressões realmente teriam ocorrido, assim como a acusadora tentou provar. Dessa forma, ela decidiu acabar com o processo, a fim de não condenar um provável inocente.

Lei Maria da Penha no 'Big Brother Brasil'

A Lei Maria da Penha também está tirando o sono de Marcos Harter, [VIDEO] ex-participante do 'Big Brother Brasil'. Ele foi eliminado na última semana do reality show e, por isso, não pôde ficar com o provável prêmio do programa da TV Globo. Marcos foi acusado de praticar violência doméstica contra Emilly Araújo, que acabou vencendo a atração. A Polícia Civil do Rio de Janeiro constatou, através de depoimentos, vídeos e da perícia médica que lesões foram provocadas em Emilly. Além dos machucados físicos, ele também agrediu a ex-sister verbalmente diversas vezes. #Famosos