O #espiritismo, doutrina filosófico-religiosa codificada pelo francês Allan Kardec, pseudônimo do educador Hippolyte Léon Denizard Rivail, apesar de seus sucessos iniciais na Europa, firmou raízes foi no Brasil, popularizado especialmente por figuras como o político e médico Bezerra de Meneses e #chico xavier. A doutrina espírita afirma que os espíritos, as almas que animam os seres humanos, continuam existindo depois das desencarnar, ou seja, deixar a carne, mantêm sua consciência e podem se comunicar com os vivos através de pessoas dotadas de uma disposição inata para isso, os médiuns.

O próprio Kardec não tinha tal qualidade e comunicava-se com os espíritos - ou o que acreditava serem espíritos - através de outras pessoas.

Publicidade
Publicidade

Um dos mais famosos médiuns de todos os tempos foi justamente o brasileiro Chico Xavier, que, como dito acima, foi uma das figuras-chave na popularização do espiritismo no Brasil.

Prolífico, ele psicografou (ou seja, escreveu mensagens supostamente ditadas por entidades espirituais) mais de quatro centenas de obras, incluindo obras atribuídas a espíritos moralmente superiores e obras literárias atribuídas a grandes autores da literatura brasileira já falecidos. Além disso, ele supostamente teve várias conversas com espíritos evoluídos, algumas delas registradas em seus livros.

De outras dessas conversas, só se sabe pelo que as pessoas que gozavam da confiança do médium mineiro aceitam contar. Geraldo Lemos, amigo próximo de Chico Xavier, disse que, em conversas que os dois mantiveram antes da morte do médium em 2002, este lhe dissera que entidades espirituais teriam lhe comunicado revelações surpreendentes sobre o futuro da humanidade, a partir de 2019.

Publicidade

Segundo Lemos, Chico Xavier afirmou que Jesus decretou que, se a humanidade entrar em uma nova guerra mundial, ela pagará com terremotos devastadores, maremotos e erupções vulcânicas, tragédias que riscarão nações inteiras do mapa. Nesse caso, garantia Chico Xavier, o Brasil seria um dos lugares menos afetados, recebendo milhões de imigrantes de todo o mundo e tornando-se uma potência.

Ainda segundo Lemos, se o mundo permanecer em paz, a humanidade será, a partir de 2019, recompensada com um período de espantoso progresso graças à intervenção de Deus e à ciência. Doenças, hoje incuráveis, terão suas curas descobertas.

Além disso, civilizações extraterrestres terão, finalmente, permissão para entrar em contato com a humanidade, com todas as consequências sociais, tecnológicas e psicológicas que isso pode trazer. Não é exagero dizer que, tanto no caso de guerra mundial quanto no caso de paz duradoura, as previsões atribuídas por Geraldo Lemos a seu falecido amigo prometem uma revolução no modo de viver humano.

Para saber se algo assim tão grandioso vai mesmo acontecer, o jeito, para quem não é médium, é esperar. Como se costuma dizer, quem viver, verá. #PrevisoesDeChicoXavier