O que parecia ser apenas roteiro de filme de ficção, hoje já faz parte da realidade de muitas pessoas. Empresas especializadas investem em qualidade, para garantir aos seus consumidores um produto cada vez mais sofisticado. Os “robôs sexuais”, na verdade, são bonecos feitos em material sintético de alto padrão, metal e muita tecnologia, para dar ao comprador o máximo de satisfação.

Quem tem poder aquisitivo mais alto e sente prazer com esse tipo de objeto está deixando as antigas bonecas infláveis vendidas em lojas de produtos eróticos, e adquirindo esse “produto” que é feito em silicone de qualidade, proporciona ao usuário uma sensação muito mais parecida com o contato com outro ser humano.

Publicidade
Publicidade

Chamados de máquinas pelos fabricantes, os bonecos têm inclusive órgãos genitais imitando os humanos e com um complexo sistema tecnológico. Alguns até respondem (de forma mecânica), a estímulos sexuais. Dando a impressão de que estão sentindo prazer ao serem tocados, fazendo com que a experiência seja envolvente.

Com modelos variados, eles vêm vestidos em todos os estilos e com acessórios, como joias e relógios, com cabelos e detalhes minuciosamente aperfeiçoados. A propaganda de uma das empresas que fabrica o “brinquedo erótico” chegou a usar como tema da campanha publicitária, que quem adquirisse uma de suas bonecas, nunca mais iria querer se relacionar [VIDEO] com uma mulher de verdade, pois elas seriam melhores que namoradas ou esposas.

Quem estiver disposto a gastar ainda mais com sua “diversão”, pode montar um modelo exclusivo, como em fast-food, ir acrescentando ou retirando detalhes, escolhendo cor, tamanho de busto, ou pênis no caso dos robôs masculinos, tipo físico e qualquer outra característica que esteja dentro daquilo que o cliente deseja em seu modelo.

Publicidade

Até mesmo “marquinhas de sol” e sardas podem ser acrescentadas quando estão desenvolvendo o projeto.

A ideia foi apresentada inicialmente em modelos femininos, mas logo surgiram os bonecos realistas masculinos, que também variam em modelos e valores.

As primeiras bonecas realistas foram lançadas por empresas japonesas onde se tem um grande mercado para esses produtos, mas muitos países já seguiram o exemplo e criaram seus modelos.

Os bonecos podem custar entre R$ 5 a R$ 50 mil reais, ou até mais conforme as exigências e personalização de quem está comprando.

Segundo índice de crescimento de vendas e todo o investimento em melhorar cada vez mais os bonecos, conclui-se que os robôs fazem sucesso.

Veja fotos:

#sexualidade #Curiosidades #Comportamento