Muitas mulheres reclamam do comportamento de seus namorados. As causas são variadas e, às vezes, as reclamações são justas, outras, não. Enfim, gostos variam, nem todos os homens são iguais e nem todas as mulheres querem as mesmas #coisas.

O que para uns é má educação, para outros pode ser assertividade. O que para uns pode ser atrevimento, para outros pode ser desenvoltura. Por isso, é difícil traçar regras sobre como se portar para agradar o parceiro. Contudo, a seguir, estão listadas quatro qualidades no namorado que costumam agradar às mulheres e contribuir para a estabilidade do #Relacionamento:

1 - Abraçá-la e beijá-la frequentemente

Muitos homens hesitam em dar demonstrações de afeto, tais como beijos e abraços, especialmente em locais públicos.

Publicidade
Publicidade

Particularmente, digno de atenção é o momento imediatamente posterior ao ato sexual. Se o #Homem, nesse momento, dá demonstração de afeto pela parceira, como beijos e abraços, por exemplo, em vez de sair do quarto ou dormir, é sinal de afeto por ela.

2 - Ser compreensivo

A pessoa tem o direito de se perguntar. Se não conseguir compreensão do namorado, de quem conseguirá? Todo mundo anseia por compreensão e as mulheres não são diferentes. Elas também querem alguém que se importe com elas, seja paciente, trate-as com respeito e esteja do lado delas nos bons e nos maus momentos.

3 - Fala que a ama

Falar que a ama é outra demonstração de afeto que boa parte dos homens não dá com frequência suficiente. Alguns limitam a fazê-lo. Se o fazem, é em um ou outro momento íntimo mais quente. O ideal, porém, é que esse tipo de declaração seja feita frequente e não limitada à intimidade do casal.

Publicidade

4 - Não é egoísta

Há pessoas egoístas que pensam apenas em si mesmas, importam-se apenas com seus desejos e suas necessidades. É difícil e frustrante conviver com uma pessoa assim, especialmente manter um relacionamento romântico com tal pessoa.

Em um relacionamento romântico, as pessoas devem aprender a dar e a receber, a fazer concessões e a visar ao bem do relacionamento. Infelizmente, esse pensamento é colocado em prática com muito mais frequência no começo do relacionamento do que posteriormente.

Um exemplo de egoísmo é o dos homens que apenas se preocupam em chegar ao prazer, independentemente de a mulher conseguir chegar ao clímax também. Esse comportamento, claro, pode ser muito frustrante para a mulher, que se sente usada como instrumento e tem suas próprias necessidades e desejos ignorados.