O mundo ficou chocado no ano de 2007 com a história de uma criança de apenas 2 anos que era fumante compulsivo na Indonésia. O cigarro que vemos na mão desta criança não é um brinquedo, nem chocolate ou qualquer outra imitação. Trata-se de um cigarro de verdade e de um menino fumante de verdade. Pode até parecer brincadeira ou invenção do noticiário da época, mas Ardi Rizal realmente fumava 40 cigarros por dia.

De acordo com seus pais, o garoto ficava muito tempo sozinho em casa e assim criou sua alta dependência por #nicotina. O pai do garoto que também era fumante, deixava tocos de cigarros em casa e saía para trabalhar.

Publicidade
Publicidade

Ardi começou a achá-los e, inspirado em seu pai, iniciou seu vício que, ficaria famoso em todo o mundo.

Seu primeiro cigarro inteiro foi ganho com apenas 1 ano e 6 meses e em pouco tempo o garoto já estava fumando incríveis 40 cigarros por dia. No início, seus pais achavam graça e mostravam a proeza de seu filho para os amigos em redor. Em pouco tempo, Rizal virou a atração do bairro e posteriormente a história ganharia todos os noticiários.

Relembre a reportagem exibida aqui no Brasil pela Record:

A Indonésia tem um alto índice de crianças e adolescentes viciadas em nicotina. Os dados do país dizem que 25% da população entre 3 e 15 anos têm o hábito de fumar, seja escondidos ou até mesmo com o apoio dos pais.

Após a notícia do caso de Ardi ganhar o mundo, o governo do país demostrou interesse pelo caso do garoto e pelos problemas que o país vinha sofrendo.

Publicidade

Como o mundo inteiro se comoveu com a triste história do menino, sua família começou a receber ajuda de muitos países para auxiliar o bebê a parar com o cigarro.

O começo foi bem complicado e tratamento algum conseguia efeitos expressivos para amenizar o vício de Ardi Rizal. O garoto chegou a ter severas crises, desmaiava e por vezes agredia pessoas que se aproximavam durante seu período de abstinência.

Mas a família, pressionada pelo governo, não desistiu e o garoto iniciou um tratamento com médicos latino-americanos especialistas no assunto. Depois de mais essa tentativa, com a internação, o garoto indonésio começou a se restabelecer e a largar seu terrível vício.

O tempo passou e o garoto hoje está livre da nicotina, mas devido a ansiedade provocada pela falta do cigarro, Ardi Rizal enfrentou outro problema: a obesidade. Mas ele continuou com seu tratamento e vêm tendo bons resultados na busca por perda de peso.

Veja como Ardi Rizal se encontra nos dias atuais:

#bebequeFuma #ArdiRizal