É normal as pessoas participarem do Big Brother Brasil e perderem a fama. Mas, depois de algum tempo, muitas delas tentam reaparecer e, na maioria das vezes, com mudanças extremas, principalmente relacionadas com o corpo. Foi exatamente isso que aconteceu com a Fani do BBB, que participou da sétima edição do programa.

Você provavelmente se lembra dela. Fani Pacheco ficou muito conhecida depois que participou do reality show da Rede Globo e um dos motivos foi a sua participação no triangulo amoroso da casa mais vigiada do Brasil, que envolviam também Irislene, conhecida como Siri, e o Diego Alemão.

Assim como os outros participantes, depois de participar do Big Brother Brasil, ela ficou muito famosa, era conhecida na rua, ganhou espaço na mídia, tinha entradas VIPs para as melhores festas e era cercada de paparazzi, muitos sempre queriam entrevistas.

Publicidade
Publicidade

Mas, infelizmente, nem tudo dura para sempre, e o brilho da grande estrela foi se apagando, ela deixou de fazer sucesso e de chamar tanta atenção.

Recentemente, Fani voltou aparecer, só que agora de uma maneira bem diferente. A ex-#BBB trabalha agora como modelo de plus size, já que engordou 15 quilos. Ela diz que mesmo assim se acha sexy e que gosta de ser chamada de “gordelícia”.

Mesmo depois de uma mudança tão dramática em seu porte físico, a loira continua deixando muitos homens babando por aí, além de ganhar o apoio de muitas mulheres, que também acham que o peso não interfere na beleza.

Em uma entrevista, Fani disse que, com o passar do tempo, não teve mais ânimo para ir para academia malhar todos os dias, mas que, para manter a aparência, se esforça para ir dois dias na semana. Além disso, ela fala que ultimamente tem mais pretendentes do que quando tinha um corpo sarado.

Publicidade

A modelo afirma que esses quilinhos a mais não atrapalharam em nada.

A ex-BBB começou a engordar em 2016, quando foi consumida por muita tristeza que quase a levou a uma depressão. O motivo foi a morte de sua mãe. Depois disso, ela começou a descontar toda a sua chateação comendo. “Em apenas nove meses eu acabei engordando 15 quilos. Hoje, com 1,66 metro de altura, eu peso 80 quilos”, disse.

Fani Pacheco também conta que, depois da morte da mãe, não parou de trabalhar na TV. Nos primeiros meses, ela conseguiu conciliar as duas coisas, mas depois de um tempo chorava todos os dias. Teve até que procurar um psiquiatra por suspeitar de depressão.

Porém, era apenas luto pela morte da mãe. Foi aí que Fani parou de trabalhar, ir à academia e largou a dieta. Ela chegava a comer uma barra de chocolate por dia.

Hoje, com 34 anos, ela já superou graças à terapia com seu psiquiatra. Ainda diz que está muito feliz trabalhando como modelo plus size e que continua linda e sexy da mesma maneira.

#BigBrotherBrasil #FaniPacheco