Durante a campanha eleitoral do ano passado, uma velha piada contra o candidato republicano, o bilionário do setor imobiliário Donald Trump, ressurgiu e foi explorada com evidente alegria por veículos de imprensa contrários a ele: a ideia de que ele tem mãos pequenas. O então candidato, talvez devido à relação que a sabedoria popular enxerga entre o tamanho das mãos de um membro do sexo masculino e o tamanho de seu órgão sexual, negou veementemente a acusação. Novos desgostos e mais combustível para a fogueira midiática são as últimas coisas de que o bilionário Donald Trump, agora presidente e mergulhado em inferno astral por conta das acusações seríssimas de traição e obstrução da justiça que o acossam, precisa.

Publicidade
Publicidade

Além de acusado de ter entrado em acordo com o governo do presidente Vladimir Putin para que este influenciasse as eleições do ano passado e de ser um fantoche russo, estar espionando para Moscou e ainda ter demitido o diretor do FBI, que investigava o caso, para obstruir a justiça, Trump talvez tenha que lidar com o fato de que pesquisa recente fortaleceu a ideia de que, sim, existe uma relação entre medidas da mão e do pênis – a relação, porém, parece ser mais complexa do que se pensava.

É verdade que pesquisas anteriores já haviam fornecido dados que parecem indicar uma relação entre o comprimento do dedo indicador de um homem e o comprimento de seu órgão sexual. A pesquisa realizada na Universidade Gachon, na Coreia do Sul, que mediu comprimentos de dedos e do órgão sexual masculino (flácido e esticado, o último considerado uma boa estimativa do comprimento ereto do pênis) achou um padrão verdadeiramente interessante.

Publicidade

Cada um de 144 voluntários teve as medidas de seu pênis tiradas por um pesquisador. Depois de cumprida essa tarefa, outro pesquisador tirou as medidas dos comprimentos dos dedos indicador e anular do voluntário. O que se percebeu é que, quanto menor a diferença entre os comprimentos desses dedos de um indivíduo, maior a possibilidade desse indivíduo ter pênis grande. Por outro lado, quanto maior a diferença entre os comprimentos desses dedos, maior a possibilidade de que o indivíduo em questão tivesse pênis pequeno. Os cientistas ainda não têm certeza absoluta de por que razão isso acontece, mas suspeitam que isso tenha a ver com o ambiente hormonal a que cada indivíduo ficou exposto no útero durante a gestação.

OK, então não é bem o tamanho da mão em si... Apesar da pesquisa sul-coreana ter dado um pouco de credibilidade à ideia de uma relação entre as mãos e o pênis, não significa que todas ideias populares sobre o tema estejam corretas. Não há, por exemplo, nenhuma evidência científica que confirme a ideia que a distância entre o polegar e o dedo indicador quando eles formam um ângulo de noventa graus (ou seja, formam a letra "L") equivale ao comprimento do pênis do indivíduo em questão. #Curiosidades