Muitos telespectadores consideram que a “época de ouro” da TV brasileira foi realmente nos anos 1980. Já outros têm a completa certeza que jamais existirá época melhor do que essa em relação à programação televisiva. Analisando bem nos dias de hoje, parece que nos anos 1980 a impressão que era passada para quem via TV que praticamente tudo era permitido.

Apresentadoras de programas infantis iam para o palco em trajes mínimos. Por exemplo, a Xuxa fez uso dessa prática em seu programa infantil chamado de “O Clube da Criança” na TV Manchete antes de ela estrear na rede Globo. Havia também na TV propagandas onde crianças seguravam chocolate em forma de cigarro e elas apareciam nas caixas desses produtos passando a ideia de que estavam fumando.

Publicidade
Publicidade

Nos anos 80, a TV brasileira raramente conseguia manter os limites do “politicamente correto”

Diante de tantas “aberrações” transmitidas principalmente nos programas de auditório, algumas raras exceções conseguiram manter a linha e a compostura, mesmo apelando levemente uma vez ou outra. Algumas atrações televisivas mantiveram a ordem e os bons costumes numa época ‘’bem solta’’ em relação a esse tipo de coisa na TV.

Programas como “Os Trapalhões”, que passava sempre aos domingos, conseguiram manter o entretenimento. A atração entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes por ter ficado no ar por 30 anos divertindo bastante o público com um humor muito sadio e sem apelações.

Este programa foi uma das boas e raras exceções em se tratando de apelações para manter a audiência. O final do programa foi sentido bastante por grande parte dos brasileiros na época, mas saiu ultimamente na mídia uma notícia que talvez anime boa parte da população.

Publicidade

Vem aí um novo programa com o mesmo nome, talvez seguindo também a mesma linha de produção do antigo, mas veremos num futuro próximo se irá agradar ou não.

Vamos a mais nove boas atrações televisivas pra quem curtiu bastante ver TV nos anos 1980. O programa “Viva a Noite”, do SBT, era apresentado Gugu Liberato e obteve bastante sucesso entre 1982 e 1992. Depois, chegou a voltar ao ar, mas não teve o mesmo resultado dos anos anteriores.

Um dos programas infantis mais famosos entre a criançada foi o “Balão Mágico”. Começou em 1983 e tinha em seu elenco profissionais como o Fofão e o pessoal do grupo Balão Mágico. Foi substituído em 1986 pelo “Xou da Xuxa”. a apresentadora Ticiane Pinheiro, com apenas 10 anos, chegou a ser apresentadora do programa.

O “Clube do Bolinha”, que foi transmitido pela Rede Bandeirantes, existiu entre os anos 1973 e 1994.

Publicidade

A apresentadora Xuxa foi trazida à televisão pelo programa "Clube da Criança", que foi exibido pela Rede Manchete entre os anos 1983 e 1994. Nesse programa, ficou imortalizada pela apresentadora a frase "senta lá, Cláudia".

Fausto Silva, mais conhecido por Faustão, apresentou o programa “Perdidos na Noite” na Rede Bandeirantes. Logo após poucas temporadas, foi contratado pela Rede Globo.

Após contracenar com o comediante Agildo Ribeiro, Topo Gigio comandou o seu próprio programa nos anos 1980.

O programa "TV Pirata" foi um dos programas mais vistos pelos brasileiros. Marcou gerações com seu humor bastante ácido e sem noção. Nem a própria #TV Globo, que transmitia o programa, era poupada de suas brincadeiras.

José Abelardo Barbosa de Medeiros, mais conhecido como Chacrinha, marcou gerações comandando o programa "Cassino do Chacrinha", que foi transmitido pela Rede Globo em 1982. Na atração, centenas de pessoas tentavam aparecer nos famosos concursos de calouros.

Também havia as atrações musicais e as famosas chacretes. Anos depois, devido ao estado de saúde de Chacrinha, ele foi substituído por outro famoso apresentador, João Kléber. O programa chegou ao seu fim em 1988.

O programa "Show do Esporte", da Bandeirantes, foi durante anos a principal atração esportiva aos domingos e durava incríveis 10 horas, transmitindo todos os tipos de competições, de futebol a sinuca.

#Anos 80 #Curiosidades