Ultimamente, muitas pessoas têm procurado fórmulas e técnicas milagrosas, miraculosas para tentar salvar seu casamento ou relacionamento. Mas de todas as técnicas que pode se achar ou fórmulas, o importante para que se prolongue é saber o que não fazer para estragá-lo.

Um certo dito popular diz: “Melhor prevenir do que remediar”. Se você puder policiar seus atos durante o dia, minuciosamente, verificando sempre suas atitudes e evitando algumas que estão abaixo listadas, certamente poderá evitar grandes conflitos e gerar um bom #Relacionamento.

1 – Mudança de atitudes

Não guarde do seu parceiro aquela atitude que ele comete que o incomoda.

Publicidade
Publicidade

No início de um relacionamento, pode parecer bobeira aquelas pequenas atitudes que lhe fazem mal e logo pensa que vai acabar com o tempo.

Porém, essas pequenas atitudes têm que ser evitadas desde o início, pois, a longo prazo, isso poderá virar uma bola gigante em seu relacionamento, Quando perceber, você vai jogar tudo isso em cima da pessoa que ama.

Então, quanto mais cedo acertar os pequenos detalhes melhor, pois não são os grandes problemas que desgastam seu relacionamento, mas, sim, os pequenos e contínuos.

2 – Sem mágoas

Evite o acúmulo de mágoas e ressentimentos de seu parceiro ou parceira. Quando ele (ou ela) lhe falar algo que possa lhe ofender ou parecer ofensivo, procure sempre livrar-se desse sentimento que consome seu interior antes que transforme seu #amor em ódio pelo outro.

Publicidade

Existem duas técnicas para evitar o acúmulo da raiva. A primeira é simples: respire bem fundo e deixe o sentimento se esvair na respiração. Entenda que seu parceiro (ou parceira) é humano como você, cheio de falhas e imperfeições. Entenda que ninguém é perfeito e nem você.

A segunda aparentemente também é simples, mas ao mesmo tempo com um grau de dificuldade, pois conversar sobre aquilo que lhe machuca nem sempre sai conforme planejado, pois sempre que for afrontado, irá se encher de raiva e voltar com as mágoas. Porém, converse sobre o que tem atrapalhado a paz no relacionamento e procure uma solução agradável para ambos!

3 - Controle os ciúmes

Controle seu ciúme ou insegurança. Esses dois fatores básicos existem dentro de cada ser humano. O ser humano por si é egoísta e quer aquilo que conquistou só para ele, gerando um ciúme muitas das vezes doentio ou possessivo.

Isso realmente vai atrapalhar seu relacionamento, pois ninguém gosta de ser cobrado ou especulado sobre cada hora do dia a dia vivido.

Publicidade

Todas as vezes que você deixa sua insegurança falar mais alto, automaticamente seus pensamentos são desviados para muito mais do que um simples ciúme.

Você começa a imaginar que, no período do dia que seu parceiro ou parceira não deu notícias breves de onde estava, certamente estaria se relacionando com outras pessoas. Isso gera em você um sentimento ruim e destrutivo, que, ao encontrar com a pessoa, seu único foco é virado para uma investigação do que é feito ou deixado de fazer por ela.

Em casos extremos é necessário o acompanhamento de um profissional para que você tratar essa insegurança, que pode gerar muitas frustrações no seu relacionamento!

Seja sempre amigo do seu parceiro ou parceira, desfrute da liberdade junto a ele(ela), viva a felicidade da companhia e não desperdice seu tempo com brigas. O amor entre vocês sempre deve estar em primeiro lugar e preservá-lo, em segundo! #Preservarcasamento