Como dizia Riobaldo, personagem criado pelo brilhante escritor mineiro Guimarães Rosa, "Viver é muito perigoso". Em todo caso, como a maior parte das pessoas considera isso melhor do que a outra opção (morrer), há pouco o que fazer a não ser tomar muito cuidado com os riscos que abundam até mesmo no dia a dia dos mais pacatos cidadãos. Uma velha frase afirma que o preço da liberdade é a eterna vigilância. Esse também parece ser o preço da sobrevivência e da saúde. A seguir, estão listadas algumas #coisas que as pessoas têm ou podem ter em sua casa sem saber que elas podem ser graves ameaças a seu bem-estar e até mesmo a suas vidas.

1 - Alimentos como mandioca e amêndoas

O ácido cianídrico (também conhecido como ácido prússico) está presente em alimentos como, por exemplo, a mandioca e sementes de frutas como a amêndoa e a maçã.

Publicidade
Publicidade

Ele se liga às hemácias e impede que elas transportem o oxigênio e o gás carbônico na corrente sanguínea, o que, claro, pode sufocar o indivíduo. O consumo exagerado e/ou inadequado de alimentos que contêm o ácido cianídrico pode ser fatal.

2 - Panela de arroz elétrica

Embora possa ser bem prática, uma panela elétrica para fazer arroz pode também ser uma ameaça à vida de quem consome as refeições, especialmente arroz, preparadas nela. Isso ocorre porque o arsênio, elemento químico venenoso, é frequentemente encontrado junto com os metais usados para fazer esse tipo de panela. O arroz, por sua vez, é um ótimo concentrador de arsênio, o que significa que o efeito cumulativo do consumo do arsênio absorvido pelo arroz (quando a panela é riscada por exemplo), pode representar uma grande ameaça à saúde e à vida do consumidor.

Publicidade

3 - Esponja de cozinha

A esponja de cozinha é um dos ambientes mais propícios da casa à proliferação de bactérias. Um dos microrganismos que podem prosperar nesse espaço e fazer mal às pessoas é a bactéria E. Coli, que pode causar diarreia e até matar de maneira bastante dolorosa.

4 - Ratos

Os ratos, todo mundo sabe, são perigosas pragas. A Europa, devastada pela peste bubônica na Idade Média, que o diga. Uma outra ameaça que os roedores oferecem à humanidade são os hantavírus, mais comuns em ambientes rurais por serem transmitidos por raros silvestres. As doenças provocadas por esses vírus, como as febres hemorrágicas, podem ser fatais.

5 - Água

Embora seja um lugar-comum (justo ou injusto) dizer que não se deve beber a água encanada de certos países por causa do risco que ela representaria à saúde devido ao tratamento (quando existente) deficiente, a verdade é que boa parte dos reservatórios de água considerada potável do mundo pode conter toxinas produzidas pela cianobactéria Anabaena Circinalis, que podem causar a morte de quem bebe a água contaminada.