Você gosta de #História? Se gosta, talvez se lembre de alguns fatos sobre as principais civilizações antigas no mundo.

Assim como os egípcios, cuja rica cultura, além de seu legado artístico, arquitetônico e científico marcaram seu lugar na história como uma das sociedades mais complexas e enigmáticas do mundo, também a cultura grega contribuiu muito para a evolução intelectual da humanidade.

Muito embora a cultura grega tenha trazido à luz algumas das mais brilhantes ideias filosóficas, a ideia primordial da democracia e uma mitologia riquíssima, alguns dos costumes dos gregos antigos eram bastante bizarros. Vamos conhecer agora cinco #Curiosidades surpreendentes sobre a #Grécia Antiga e algumas são bem estranhas.

Publicidade
Publicidade

1) Espirro como método contraceptivo

Para o médico grego Soranus, a responsabilidade pelo controle de natalidade era única e exclusivamente da mulher. Ou seja, se uma mulher engravidasse, a culpa seria dela e apenas dela. Se você acha este pensamento ultrajante, saiba que Soranus considerava ''irracional'' esperar que os homens tomassem qualquer atitude para impedir uma gravidez.

A verdade é que se uma mulher engravidasse na Grécia Antiga, a culpa provavelmente seria do próprio Soranus, que recomendava que as mulheres se agachassem e espirrassem após terem relações íntimas, caso quisessem evitar a contracepção. Desta forma, acreditava-se que o esperma seria expelido do corpo.

É óbvio que isso não funcionava. Outra ideia maluca de método contraceptivo idealizado por Soranus era esfregar mel ou resina de cedro nas partes íntimas.

Publicidade

Este método provavelmente funcionava melhor do que o primeiro, pois é provável que a 'sujeira' causada desencorajasse as pessoas a fazerem sexo.

2) Celebrações estranhas

Os gregos costumavam render homenagens ao deus Dionísio carregando pela cidade a imagem de um órgão genital masculino gigante. Era comum que durante esta inusitada celebração os seguidores de Dionísio ficassem bêbados e gritassem grosserias às pessoas.

Aristóteles certa vez declarou que estas procissões eram grande parte da inspiração para os teatros cômicos na Grécia Antiga, pois os responsáveis pelo roteiro das peças costumavam adaptar as piadas que as pessoas gritavam pelas ruas para usá-las nas apresentações.

3) Idiota era quem não participava da política

Para os gregos, a palavra idiota era empregada para designar aqueles que deixavam de votar por três vezes consecutivas. A política, bem como a cidadania, nasceram em berço grego.

Votar era um meio de o cidadão comum fazer valer suas ideias a respeito de como deveria ser a organização e administração das cidades na Grécia Antiga.

Publicidade

Aqueles que não demonstravam interesse ou engajamento na política eram chamados de idiotas, do grego "idiótes", que significa uma pessoa leiga.

4) Esterco de crocodilo para a pele

Lidar com crocodilos eram uma parte significante da vida na Grécia Antiga. Os médicos deviam saber exatamente como proceder caso alguém fosse mordido por um crocodilo. Um tratado médico da época, no entanto, alertava os pacientes para um detalhe: se o crocodilo voltasse para a casa da pessoa mordida, significava que esta iria morrer.

O fato de existir um tratado médico instruindo a sociedade grega a respeito disso significa que ser mordido por um crocodilo e o bicho voltar a sua casa era algo que acontecia com frequência.

Mas os crocodilos não serviam apenas para apavorar as pessoas. O esterco deste animal era altamente recomendado no tratamento de cicatrizes e da pele em geral.

Sabe aquelas marcas de expressão que algumas pessoas possuem ao redor dos olhos? Na Grécia Antiga, tudo que era preciso fazer para se livrar delas era aplicar um pouco de esterco de crocodilo ao redor dos olhos.

5) Maçãs para o seu grande amor

Já imaginou em jogar uma maçã na cabeça daquele seu crush para ver se ele finalmente nota sua existência? Na Grécia Antiga, jogar maçãs nas pessoas era uma maneira de declarar seu amor.

E se o crush apanhasse a fruta, significava que ele ou ela aceitava o galanteio, ou seja, meio caminho andado para um romance! As maçãs eram consideradas frutas sagradas para Afrodite, a deusa do amor na Grécia Antiga.