A #Morte, insistem as pessoas que acreditam na sobrevivência da alma, não é o fim. Bom, mesmo aqueles que discordam delas quanto à sobrevivência (ou mesmo quanto à existência) da alma não podem negar que muita coisa acontece ao corpo, pelo menos, depois da morte.

Do ponto de vista do corpo, pode-se, parodiando uma famosa frase de Winston Churchill durante a Segunda Guerra Mundial, dizer que a morte não é o fim, não é nem o princípio do fim, mas é o fim do princípio. Entre as muitas #coisas surpreendentes – algumas delas até assustadoras - que acontecem depois que uma pessoa "abotoa o paletó de madeira", estão as seis listadas e explicadas a seguir:

1 - Cabelo e unhas parecem ficar maiores

Diferente do que diz a sabedoria popular, as unhas e os fios de cabelo não continuam crescendo depois da morte do indivíduo.

Publicidade
Publicidade

O que ocorre é que a pele ressacada retrai-se, o que faz com que os fios de cabelo e as unhas pareçam maiores do que quando a pessoa estava viva.

2 - Rigidez cadavérica

Segundo a doutora Judy Melinek, patologista forense, após a morte, esgota-se o suprimento de trifosfato de adenosina (ou adenosina trifosfato), substância indispensável ao relaxamento das fibras dos músculos, explica o famoso rigor mortis, também chamado de rigidez cadavérica, a rigidez do corpo algum tempo depois da morte.

3 - Necessidades após a morte

Enquanto o rigor mortis não chega, alguns músculos relaxam, inclusive aquele responsável por segurar excrementos como urina e fezes. Sim, o indivíduo pode urinar e defecar mesmo depois de estar morto.

4 - Vida em meio à morte

Quando a circulação de sangue e a respiração cessam, os órgãos, cujas células são privadas de oxigênio e nutrientes, deixaram de receber energia e outros recursos para continuar funcionando.

Publicidade

Os órgãos vão, portanto, morrendo, mas - e isso é interessante - eles não morrem todos imediatamente ou ao mesmo tempo. Órgãos e estruturas como medula óssea, córnea e pele, por exemplo, podem ser doadas mesmo depois de 15 horas após a pessoa ter parado de respirar. Essas doações podem ajudar a salvar ou a melhorar as vidas das pessoas que as receberão.

5 - Pele manchada

Sem os batimentos cardíacos, o sangue para de fluir pelo corpo, acumulando-se em partes do corpo, o que colabora para descolorir a pele, dando origem a manchas.

6 - Um corpo que geme

Cadáveres podem gemer. Por mais aterrorizante que seja a ideia, existe uma explicação científica: caso algum ar escape pela traqueia, o som de respiração e o movimento podem ocorrer. #assustadoras