Surpresas acontecem - e talvez em nenhum setor da vida das pessoas, mas do que no setor romântico. Por isso, a falta de sucesso no amor não necessariamente prenuncia eterna "solteirice". Feita essa ressalva, a presença de certas características e #sinais podem indicar que uma pessoa está fadada a não conseguir construir um relacionamento duradouro. Entre esses sinais e características, podem ser citadas as seguintes:

1 - Um histórico recheado de relacionamentos pouco duradouros

O futuro não necessariamente repete o passado, mas se a pessoa já teve muitos relacionamentos de curta duração, não é impossível que esse padrão se repita no futuro.

Publicidade
Publicidade

Seja por ser exigente demais, seja por despertar antipatia e insatisfação em seu parceiro, um dos dois acaba rapidamente decidindo pôr um fim ao relacionamento.

2 - Temperamento difícil

Talvez apareça quem consiga amansar a fera, mas realismo não faz mal a ninguém: se uma pessoa tem características que tornam difícil a convivência com ela (especialmente íntima e por longos períodos), as chances de essa pessoa conseguir construir um relacionamento "até que a morte os separe" é menor do que o normal. Radicalismo, indecisão, rancores são características, entre outras, que podem afastar parceiros e candidatos a parceiro. Mais uma razão para levar o conselho de Sócrates a sério: conhece-te a ti mesmo.

3 - Ser muito exigente

Infelizmente, seres humanos perfeitos são algo inexistente. Se a pessoa ficar buscando defeitos nos outros, achará.

Publicidade

E se achar que ninguém está à sua altura ou que ninguém satisfaz suas necessidades, bom... essa é a fórmula perfeita para nunca, nunca conseguir construir um relacionamento duradouro.

4 - Vícios

Não se está aqui a falar de vícios em drogas (ou não só pelo menos). Qualquer coisa que seja um vício (inclusive trabalho) pode tomar espaço do relacionamento e fazer com que ele seja relegado a um plano secundário.

5 - Individualismo exacerbado

É improvável que uma pessoa muito individualista tenha a paciência, o interesse pelo outro e o companheirismo que um relacionamento romântico saudável exige. Uma pessoa assim talvez não seja capaz de dar o valor que um relacionamento e o parceiro merecem nem seja capaz de fazer as concessões e mudanças de comportamento que o relacionamento exige.

6 - Detestar ter de dar satisfação aos outros

Quem não gosta de dar satisfação a quem quer que seja do que faz ou deixa de fazer talvez não tenha nascido para fazer parte de um relacionamento romântico duradouro. Afinal, conviver intimamente com alguém é, em boa medida, dar satisfação do que faz ou deixa de fazer. #Família