Se você chegou até aqui é porque está passando por um momento de grande dificuldade e não consegue enxergar nada além de #depressão, fracasso e desespero.

“Onde foi que eu errei?” ou “o que eu fiz para merecer isso?” podem ser perguntas frequentes em seu cotidiano. Se você sente que tudo está desmoronando, confira quais são os sete passos que você precisa tomar para sair do fundo do poço:

1. Fortaleça suas raízes

Ao perceber que não tem mais para onde ir e não tem mais a quem recorrer, olhe para si mesmo e lembre-se de quem você é. Suas raízes, suas crenças pessoais [VIDEO] e os valores que você realmente acredita. Se apegue a essas coisas.

Publicidade
Publicidade

2. identifique o que faz mal

Parece muito difícil encontrar aquilo que nos faz mal, mas uma vez que você identifica quem ou o que está empurrando você para baixo, é mais fácil sair do fundo do poço.

Seu mundo pode estar desmoronando por causa de um relacionamento amoroso ou familiar; pode ser uma escolha financeira errada, bebidas, drogas, ou até mesmo uma condição médica. Seja lá o que for, encontre, identifique e, por mais difícil que seja, tome uma atitude.

3. Busque ajuda

Uma vez que você tomou consciência da causa do problema, o passo seguinte é procurar ajuda. Se o caso envolve algum tipo de violência, procure as autoridades. Se a questão é financeira, procure um banco ou empréstimos. Se a questão é de saúde, vá em busca de tratamento.

Mas, seja qual for o caso, ajuda especializada como psicólogos e terapeutas pode fazer toda a diferença.

Publicidade

Esses profissionais vão ajudar você a encarar seus medos e também farão você encontrar a força que precisa para dar a volta por cima.

4. Aprenda a viver com seus erros

Nós somos o resultado dos nossos erros e acertos. Mas, algumas pessoas têm muita dificuldade em conviver com o fato de que fizeram algumas escolhas erradas, que trouxeram consequências.

Não podemos apagar o passado, nem podemos voltar para escrevê-lo de outra forma. Mas, o passado não pode se tornar um monstro. O passado nada mais é que um livro, que podemos consultar para evitar cometer os mesmos erros.

5. Cultive pensamentos e ações positivas

Às vezes, o fundo do poço impede que façamos qualquer coisa positiva. Ler um livro, ver um filme, comer um doce ou simplesmente dizer bom dia para alguém na rua.

Por mais que seja difícil, comece o dia pensando em algo positivo. E, depois, transforme esse pensamento em uma ação positiva. E isso pode ser qualquer coisa, mesmo. Comece o dia pensando em se arrumar e se arrume, por exemplo.

Publicidade

6. Não force sua barra

Por mais que você queira mudar sua condição, não adianta forçar sua própria barra. Ninguém sai do fundo do poço de uma hora para outra. É um caminho que você precisa percorrer.

É claro que com a ajuda certa, seja de psicólogos, grupos de apoio, ou religiosa, você fará esse percurso de uma forma melhor amparado. Mas, dias ruins continuarão acontecendo, pois não dependem apenas de você. Mantenha o seu foco e, acima de tudo, continue lutando mesmo nos dias ruins.

7. Comemore suas vitórias

A cada dia em que você acorda com vontade de reconstruir sua vida, sua felicidade, é um dia que precisa ser comemorado. Force a se olhar no espelho, olhe nos seus próprios olhos e diga coisas positivas sobre você. #Ansiedade #Autoajuda