Na relação entre homem [VIDEO]e mulher, muitas podem ser as maneiras de uma mulher ficar grávida. No entanto, por mais informação que as pessoas tenham, nem sempre isso fica claro como acontece. É comum, por exemplo, que algumas mulheres não usem tão bem as técnicas ensinadas por médicos, ou até mesmo, simplesmente, não conheça tais regras. Pensando em evitar uma gravidez indesejada, fizemos uma relação de 8 maneiras que podem fazer uma mulher virar uma gestante, mas que muitas pessoas, simplesmente, desconheciam.

1 - Não usar preservativo durante o período menstrual

Ficar de olho na tabela é importante e nesse período ficar grávida é improvável, mas não significa impossível.

Publicidade
Publicidade

Há possibilidade sim de acabar engravidando, mesmo quando as contas estão sendo todas feitas corretamente. Com dias cada vez mais agitados, algumas representantes do gênero feminino também acabam esquecendo ou se confundindo em fazer contagem de maneira correta. Isso é um risco e tanto. Ainda lembramos que o sexo sem preservativo pode transmitir algumas doenças.

2- Escolher o lubrificante errado

Algumas pessoas acabam escolhendo saírem de casa sempre com a camisinha no bolso, mas mesmo quando se usa esse método, alguns perigos podem acontecer. Um deles está no fato do preservativo estourar. Outra maneira de engravidar é com o uso de lubrificantes. Alguns deles tem capacidade de corroer o látex da camisinha e provocar buracos bem pequenos. Por esses buracos, os espermatozoides acabam passando, mesmo que em menos quantidade.

Publicidade

3 - Estar grávida, mas engravidar de novo ainda na gestação

Isso é raro, mas pode acontecer nos primeiros dias da primeira gravidez. Quanto mais avança a gravidez, mais rara essa situação se torna. Isso porque nos primeiros dias ainda é possível ovular.

4 - Após vasectomia ou laqueadura

Apesar de não serem 100% eficazes, esses procedimentos acabam evitando muitas vezes uma gravidez. No entanto, existe sim chances de ficar grávida dessa maneira. Por isso, especialistas indicam que pelo menos dois métodos contraceptivos sejam usados.

5 - Abrir a camisinha usando os dentes

Isso pode acabar danificando o preservativo e até causando um pequeno buraco. É por ele que os espermatozoides podem passar.

6 - Usar antibióticos e anticoncepcionais ao mesmo tempo

Isso pode acabar tirando os efeitos dos anticoncepcionais. Especialmente alguns antibióticos têm o poder de acabar com o efeito dos medicamentos.

7 - Confiar totalmente na pílula do dia seguinte

Tem cerca de 95% de eficácia, mas não 100%. Ou seja, dá sim para acabar esperando uma criança por meio dessa via.

8 - Confiar apenas em um método

Não dá para ter 100% de confiança em tudo. Por isso, aliar vários métodos diminui ainda mais as chances de se ficar grávida. #Famosos