Se fosse possível na década de 1970 como os namoros dos anos 2000 seriam, aposto que as pessoas não iriam acreditar. Os tempos modernos já chegaram e com ele foi possível ver que ter um relacionamento sério é realmente uma coisa muito difícil.

As pessoas cada vez mais têm se importado com futilidades que não agregam tanto assim em um relacionamento, como, por exemplo, o status e as postagens de fotos nas redes sociais. Você pode ver um grande exemplo disso observando a conversa abaixo, onde uma menina pede um garoto em #Namoro pelo simples fato de ter alguém para postar fotos e dizer que é seu namorado. Veja:

Realmente alguns valores acabaram ficando para trás durante a evolução.

Publicidade
Publicidade

Há hoje em dia estudos feitos com casais modernos que comprovam esse fato. Um deles afirma que casais que postam fotos o tempo todo nas redes sociais podem sim estar apaixonados, mas, na maioria das vezes, fazem isso por insegurança.

Uma pesquisa realizada pela Albright College, localizado nos Estados Unidos, diz que as pessoas que usam diariamente as redes sociais, como o Facebook e Instagram para divulgar seus momentos com o namorado ou namorada, fazem isso com apenas uma intenção: mostrar para as outras pessoas que possuem um par e que estão muito felizes.

Um dos pesquisadores foi o psicólogo Gwendolyn Seidman, que analisou vários usuários do Facebook que possuem em seu status um relacionamento sério. Ele descobriu que as pessoas que realmente estão satisfeitas com a sua relação não utilizam a rede para postar fotos que mostrem detalhes de seu namoro e nem mesmo para postar comentários e declarações de amor na página do parceiro.

Publicidade

Os estudos ainda confirmaram que essas pessoas, além de inseguras e infelizes, utilizam as redes sociais para se gabarem de seu relacionamento e ainda monitorar as ações da outra parte da relação. Na pesquisa, várias pessoas preencheram um questionário com perguntas relacionadas aos hábitos e comportamentos nas redes sociais.

Com isso, os pesquisadores conseguiram medir os traços de personalidade de cada um, que inclui o quanto ela é carinhosa, extrovertida, o quanto se expõem, além de aspectos neurológicos. Assim eles conseguiram identificar quem realmente faz postagens nas redes sociais naturalmente e quem faz apenas com a intenção de provar algo para os outros usuários, que na maioria das vezes são amigos e familiares.

Os cientistas ainda dizem que as pessoas que fazem essas publicações utilizam as redes sociais como uma maneira de diminuir a ansiedade e seus medos de rejeição que existe em um relacionamento. #Moderno #2017