Quando pensamos em pré-história, logo lembramos dos dinossauros [VIDEO] e outros bichos que já não pertencem mais a nossa época. Mas você sabia que ainda existem animais pré-históricos hoje em dia?

Eles são chamados de fósseis vivos e alguns datam mais de 500 milhões de anos de existência, ou seja, surgiram antes mesmo dos dinossauros.

Confira abaixo uma lista com 6 desses fascinantes animais:

Rã roxa

No planeta há mais de 100 milhões de anos, essa espécie só foi descoberta em 2003. Ela vive nos subsolo e só vai a superfície para acasalar, provavelmente esse hábito contribuiu para que ela demorasse tanto a ser descoberta.

Publicidade
Publicidade

A rã roxa tem esse nome, mas só ganha essa coloração quando chega à fase adulta. Um fato engraçado é que o barulho emitido por essa espécie é semelhante ao cacarejar de uma galinha.

Límulo

Os límulos possuem sangue azul devido à grande concentração de hemocianina cuprosa, diferente de nós humanos que possuímos hemoglobinas ferrosas. Apesar da semelhança com caranguejo, essa espécie está mais próxima do grupo das aranhas e escorpiões.

Surgiram entre 200 a 300 bilhões de anos, ou seja, estiveram aqui bem antes dos dinossauros.

#Curiosidades: o límulo é capaz de regenerar membros perdidos e também é muito importante para ciência, pois uma substância presente em seu sangue tem sido utilizada para cura de várias doença.

Lula vampiro do inferno

Este animal pode ser encontrado nas profundezas do oceano Atlântico e Pacífico e habita nosso planeta há aproximadamente 15 milhões de anos.

Publicidade

Seu corpo tem textura gelatinosa e pode ser avermelhado, preto ou marrom. Possui 8 tentáculos e cada um deles contém uma fileira de espinhos moles.

A lula vampira do inferno leva esse nome graças aos seu olhos vermelhos e por ter uma membrana ligada aos seus tentáculos que mais parece uma capa de vampiro.

Tubarão-cobra

O tubarão-cobra já foi uma espécie considerada extinta até que em 2007 um exemplar da espécie foi capturado em uma praia no Japão, porém, o animal estava muito velho e machucado e morreu 2 horas depois .

Ele vive em águas profundas, de 600 a 1500 metros abaixo do oceano e habita a terra há mais de 80 milhões de anos.

As aparições mais recentes deste animal foram em janeiro de 2015, no estado de Vitoria, na Austrália, e em abril do mesmo ano na costa da Espanha.

Triops

Os Triops surgiram há 200 milhões de anos. Eles respiram pelas patas e possuem três olhos, por isso, o motivo do nome. São hermafrodita e se autofertilizam. Quando um lago no qual eles vivem seca, os adultos morrem, porém, os ovos podem sobreviver por até 27 anos.

Publicidade

Esse fato deve explicar o motivo pra esses seres terem atravessado milhões de anos sem serem extintos.

Celacanto

Vindos de uma linhagem de peixes que desapareceram há 65 milhões de anos, até 1938 pensava-se que os celacantos haviam sido extintos, até que um pescador fisgou um #Celacanto na África do Sul.

Alguns estudiosos acreditam que o celacanto seja parente próximo do esthenopteron, peixe com membros que o possibilitavam caminhar e que teriam dado origem aos primeiros tetrápodes, porém, não há um consenso sobre isso.