Como moradores de um país tropical como o Brasil, onde faz calor boa parte do ano, temos a necessidade de tomar pelo menos um banho por dia. Se isso não é possível, ficamos como se tivesse faltando alguma coisa. A água tem o poder de não só nos limpar como também de nos relaxar. E nada como tomar aquele #banho gostoso depois de um dia cansativo. Mas será que isso é necessário para a nossa saúde?

Segundo médicos especialistas, um banho por dia é o ideal para que fiquemos limpos, sem comprometer a nossa pele, além disso, pode causar problemas. Já para quem não é muito chegado em banhos, é possível ficar de quatro a cinco dias sem encarar o chuveiro, sem trazer problemas à saúde.

Publicidade
Publicidade

Segundo a dermatologista Betina Stefanello, quando uma pessoa fica muito tempo sem tomar banho pode ocorrer um acúmulo de sebo na pele, além de grumos de bactérias que podem causar alguma doença de pele.

Muito banho também não faz bem para a nossa saúde. A médica explica que nosso corpo é recoberto por um manto lipídico, que é uma gordura que tem a função de barreira natural. Banhos em excesso e usar produto de qualidade duvidosa prejudicam essa proteção, que impede que bactérias, vírus e ácaros cheguem até nosso organismo. Essas atitudes alteram o pH da pele deixando muito seca e facilitando que tenhamos alergias, dermatites atópicas e até infecção como a pitiríase.

Rodolpho Telarolli Junior, médico sanitarista, alerta sobre a temperatura da água que usamos para o nosso banho diário. Ele deixa claro que o banho muito quente faz muito mal para a nossa pele, visto que a alta temperatura da água pode enfraquecer a defesa da pele e provocar microfissuras, que é uma porta aberta para o aparecimento de doenças.

Publicidade

Mesmo no inverno em que existe uma tentação maior de tomar aqueles longos banhos quentes, o ideal é usar a temperatura morna para o mesmo.

Betina orienta sobre a melhor forma para se tomar banho. Segundo ela o certo é que esfreguemos o sabonete na mão e não sobre a pele direto. Lave primeiro as partes do corpo que mais transpiram e possuem mais odor por causa do acúmulo de bactéria, como a axila, os pés e a parte íntima. Depois lave o resto do corpo. Rodolpho alerta sobre o uso de esponjas esfoliantes no banho. Segundo o mesmo não é necessário esfregá-la com vigor no corpo, pois não é assim que o mesmo vai ficar limpo. Já é o suficiente passar as mãos cheias de sabonete.

Gostou de saber quando tempo você pode ficar sem tomar banho e qual a melhor maneira de limpar seu corpo? #água #Curiosidades