Relações são complicadas de manter sempre nos trilhos, sempre aparece um probleminha aqui, outro ali, a convivência não é fácil nunca. É totalmente compreensível e normal que aconteçam problemas em qualquer relação, mas quando os parceiros não conseguem encontrar uma solução, a primeira coisa que vem na cabeça é terminar o relacionamento. Só que, segundo o psicólogo João Alexandre Borba, quando os dois lados estão dispostos a tentar reconstruir o que se perdeu, algumas dicas podem ser levadas em consideração e se, colocadas em prática, podem ajudar a resolver os problemas e voltar a ter um convívio saudável e feliz como antes.

As expectativas

É preciso alinhar as ideias e os ideais, ninguém pensa completamente igual ao outro, por isso é necessário que os dois sentem-se frente a frente e dialoguem sobre as perspectivas que cada um tem em relação ao sentimento e ao futuro dos dois.

Publicidade
Publicidade

Esclarecer tudo o que deve ser esclarecido e ter uma conversa honesta um com o outro é um dos primeiros passos para um relacionamento de sucesso, conta João.

Apesar de ser uma tarefa complexa, quando uma das partes quer algo distinto do que o companheiro deseja não quer dizer que não haja solução, o importante é que se saiba que para uma relação ser duradoura e saudável, não é preciso que ambos pensem exatamente igual em relação a tudo. O amor é o ponto principal, e ele pode ser visto de diferentes formas de uma pessoa para outra, até na forma de demonstrá-lo pode ser totalmente diferente.

Para alguns amar é simplesmente tirar algum tempo do dia, sair da rotina e ficar juntinhos, há outras pessoas que concordam que o amor se constrói no dia a dia, na convivência, explicou o psicólogo.

Nenhuma das duas formas é mais certa do que outra, cada pessoa entende cada questão de um jeito, e é preciso respeitar isso.

Publicidade

O desgaste na relação, como mudar isso?

No início das relações, as pessoas costumam fazer de tudo para serem o mais agradáveis possível, conforme o tempo passa, as exigências começam a aparecer. As pessoas envolvidas precisam compreender que elas não serão as mesmas do primeiro encontro, e aquele rapaz ou aquela moça também vai mudar, os sentimentos evoluem e as pessoas se modificam a cada dia.

Uma das dicas do profissional é que cada um faça duas listas, uma sobre as #expectativas que possui sobre o relacionamento e outra que relate as expectativas que tem sobre o companheiro, após isso, o casal deve sentar e conversar sobre o que foi escrito, bem como começar a colocar em prática o que for decidido em conjunto. #Relacionamentos