Essa é uma história que já anda circulando há algum tempo na internet. É sobre uma mulher que queria saber se o seu relacionamento estava dando certo.

A história foi publicada em vários sites, como o da revista Veja, mas não há maneira de saber se é verdadeira ou não. Mas é uma história que bem poderia ter realmente acontecido.

Às vezes, ela é contada com personagens anônimos, mas também aparece com nomes fictícios, com diferentes nomes, que vão sendo trocados à medida que ela é republicada. Nós resolvemos chamá-los de Lázaro e Taís.

Os dois já namoravam há algum tempo, e Taís andava desconfiada que seu namorado não a amasse mais como antes.

Publicidade
Publicidade

Para testar o envolvimento de Lázaro na relação, teve uma ideia que achou brilhante: escreveu uma carta de despedida, dizendo que estava farta e que não havia razão para continuar a relação. O que Taís queria, na verdade, era saber se Lázaro ainda gostava dela.

Taís foi a casa do namorado e colocou a carta em cima da cômoda no seu quarto de dormir. Ela ficou escondida embaixo da cama para ver como Lázaro iria reagir.

Após uma espera demorada, finalmente Lázaro chega à casa. Embaixo da cama, Taís está ansiosa, nervosa, escondida.

Lázaro entra no quarto e encontra a carta. Depois de ler, ele tranquilamente começa a assobiar, como se nada tivesse acontecido. Debaixo da cama, Taís começa a tremer. Não era possível! Não podia ser verdade! Aquilo não estava acontecendo!

Calmamente, ele pega o telefone e faz uma chamada.

Publicidade

Ao telefone, Lázaro fala com uma suposta mulher, informando que Taís já tinha se dado conta que estava sendo enganada. Disse que ela entendeu, afinal, que o namoro havia sido um erro e que se sentia bem em deixá-la. Antes de desligar, avisou que estava indo ao encontro da mulher.

Embaixo da cama, Taís quase tem um enfarte. Como era possível? Aquilo não estava acontecendo. Não podia ser verdade. Por que ele havia feito aquilo?

Lázaro pega algumas coisas e sai de casa. Aos prantos, Taís sai de seu esconderijo. Depois de se recompor um pouco, ela olha em volta e se dá conta que há outra carta em cima da cômoda.

Taís começa a ler. Quando termina, ela se sente mais aliviada. Que idiota havia sido. Que grande bobagem aquilo tudo que ela havia feito.

Na carta, Lázaro escreveu que Taís tinha sido tola, afirmando que, da próxima vez que tentasse descobrir que estava sendo traída, que se escondesse melhor, pois ele tinha visto o corpo dela embaixo da cama. Termina dizendo que foi às compras: "Fui ao supermercado. Já regresso, meu amor".

Então, o que você achou dessa história? Acha que realmente aconteceu? O que você faria no lugar de Taís? Deixe sua opinião, ela é muito importante para nós. #ciumes #Marido #esposa