“Tainá - uma aventura na Amazônia” é um daqueles filmes que são lembrados com muito carinho. A pequena indiazinha vivia diversas aventuras em um universo mágico e encantador, em contato direto com a fauna e flora brasileiras.

O primeiro filme a contar a história da personagem foi lançado em 2001, e foi um verdadeiro sucesso de critica. Com grande apelo ecológico, a história acompanha a vida da indiazinha Tainá que, depois de salvar um macaquinho das mãos de um traficante de animais, passa a agir em defesa da floresta Amazônica.

Na época da estreia, a atriz Eunice Baía tinha apenas 8 anos de idade, e foi um dos grandes motivos de elogio da produção.

Publicidade
Publicidade

Muitos críticos destacaram a veracidade com que ela deu vida à protagonista. O mesmo aconteceu com a sequência do filme, lançado em 2004, com o nome de “Tainá 2 – A Aventura Continua”.

O primeiro filme chegou a ganhar diversos prêmios no Brasil e no exterior. Ele faturou melhor filme e melhor fotografia no Festival de Cinema de Natal, em 2000. No ano seguinte, ganhou como melhor filme de ficção do Festival do Rio.

No exterior, o longa-metragem faturou o prêmio de melhor filme, na premiação Chicago International Children's Film Festival, e melhor direção de fotografia, no Festival de Cinema Brasileiro em Miami.

O filme foi assistido por mais de 800 mil pessoas e faturou mais de R$ 3 milhões em bilheteria. Ele também chegou a ser exibido no Festival de Marseille, na França, em 2005.

Veja aqui por onde anda Eunice Baía, a eterna Tainá

Eunice era uma garotinha quando viveu Tainá com maestria e surpreendeu o público.

Publicidade

A expectativa era que a jovem atriz se tornasse uma grande celebridade e seguisse com a carreira iniciada tão cedo.

Mas, Eunice se afastou completamente da fama e do cinema. Hoje, aos 27 anos, a menina que carrega os belos traços indígenas dedica-se à função de design de moda.

Ela também divide suas atividades com os cuidados ao filho Antônio, de 3 anos, com quem Eunice aparece constantemente em fotos no Instagram. Vivendo no anonimato, a moça leva uma rotina “normal”, apesar de acumular quase 12 mil seguidores em sua rede social.

Relembre aqui a sinopse do segundo filme da índia Tainá

Eunice enfrentou uma seleção de cerca de 3000 mil crianças, antes de ganhar o papel de Tainá. Além do sucesso em 2001, ela voltou às telas dos cinemas em 2004, aos 12 anos, com a mesma personagem.

Na sequência, Tainá ganha uma companheira, a pequena índia Catiti, interpretada por Arlene Rodrigues. Juntas, as duas continuam desmontando armadilhas do tráfico de animais e conhecem o menino Carlito, interpretado por Vítor Morosini, que acabou de chegar da cidade e não conhece nada sobre a selva.

#TV #índia Tainá #Famosos