Se tem uma coisa que os homens adoram e não suportam ficar sem é a cerveja. Seja com os amigos, na balada, no churrasco ou em casa assistindo futebol, eles sempre vão tomar aquela gelada.

Mesmo sendo aclamada pela maioria da população, a #Cerveja possui alguns #malefícios, entre eles está o de causar sono. Veja a conversa dessa garota ao dizer que sue namorado bebeu demais:

Parece que nem sempre beber demais é uma vantagem. Pensando nisso, resolvemos trazer alguns alertas sobre o malefício da cerveja à saúde.

Você com certeza já ouviu falar daquela velha frase “menos é mais”, não é? Para o consumo da cerveja, ela é ainda mais indicada.

Publicidade
Publicidade

Mesmo que a ingestão da cerveja seja associada a alguns benefícios para a saúde, como aumentar os níveis de vitamina, deixar os ossos mais fortes e baixar a pressão arterial, quando ingerida em grande quantidade acaba fazendo efeito contrário do que o previsto.

A maior parte da cerveja possui calorias que são provenientes de açúcares. Então, o consumo exagerado e frequente dessa bebida contribui para o ganho de peso.

Além disso, ingerir cerveja junto de outros alimentos que são altamente calóricos, como, por exemplo, batata frita, amendoins e outros petiscos que costumam ser servido com a bebida, aumentam a sensação de sede, consequentemente, aumentando o consumo.

O álcool contido na cerveja possui um forte efeito diurético, o que ajuda a aumentar a produção de urina. Então, faz com que alguns nutrientes, como minerais e vitaminas, sejam eliminados, impedindo o organismo de absorvê-los.

Publicidade

Existem alguns estudos que comprovam e demonstram que a cevada aumenta também os triglicérides no sangue, contribuindo para que seja um fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Mesmo possuindo alguns efeitos benéficos para a saúde do corpo, o consumo da cerveja sempre deve ser feito de maneira moderada, para que seus benefícios sejam aproveitados pelo nosso organismo.

Além de todos esses malefícios, um estudo da University College London, na Inglaterra, revelou que ingerir pelo menos dois copos de cerveja por dia pode acarretar a perda de memória. Para chegar a esse resultado, os pesquisadores acompanharam 5 mil homens que possuíam mais de 40 anos, durantes duas décadas.

Nos dez primeiros anos, eles eram questionados sobre o consumo de álcool e seus hábitos. Nos outros dez anos, eles mediam apenas a sua capacidade cognitiva. Os que foram classificados na parte que ingeriam essa bebida todos os dias tiveram dificuldade na fala e perda de habilidades matemáticas. #Homem