Norma Jeane Mortensen (Marilyn) nasceu em 1.º de junho de 1926, e teve uma infância difícil onde sua mãe sofria de sérios distúrbios mentais e emocionais, motivo pelo qual Marilyn foi criada por uma família adotiva onde revelou ter sofrido abusos sexuais.

Seu primeiro casamento aos 16 anos foi uma tentativa de liberdade quando sua família adotiva mudou-se sem condições de levá-la.

Logo após o casamento, tingiu o cabelo de loiro e começou a buscar trabalhos como modelo e atriz adotando o nome que a tornou famosa, Marilyn Monroe.

A então atriz foi capa da primeira “Playboy”, muito antes dos cachês milionários de hoje em dia.

Publicidade
Publicidade

Na época, 1949, o valor pago foram exatos 50 dólares.

Monroe era dona de uma beleza peculiar e uma sensualidade característica e natural de dar inveja a qualquer mulher até mesmo nos dias de hoje. Em seus 1,66 m de altura, distribuía-se 94 cm de busto, 61 cm de cintura e 89 cm de quadril, perfeitamente distribuídos em seus quase 54 kg.

Ao todo atuou em cerca de 30 filmes. Seu primeiro papel de destaque foi em “Os segredos das viúvas” (1951). Porém, foi em 1953 que seu nome começou a fazer sucesso. Ano no qual estreou o filme “O pecado mora ao lado” que imortalizou sua cena do vestido branco esvoaçante.

Alguns de seus trabalhos foram: "O inventor da mocidade" (1952); "Como agarrar um milionário" (1953); e "Quanto mais quente, melhor" de 1959 que lhe rendeu o globo de ouro como melhor atriz.

Publicidade

Marilyn também era considerada uma mulher bem à frente do seu tempo. Leitora nata e altamente politizada criou sua própria produtora, colocando mulheres para assumir metade dos cargos.

Mesmo em meio a todo glamour no qual estava inserida, #Marilyn Monroe era reclusa e melancólica. Fazia uso de medicamentos para ansiedade e insônia.

Alguns escândalos também estavam associados ao seu nome, como por exemplo, rumores de um envolvimento com o então presidente dos Estados Unidos, John F Kennedy e seu irmão Robert, simultaneamente.

Um fato que evidenciou esses rumores foi sua apresentação no aniversario do presidente com um vestido escandalosamente sexy, cor da pele e costurado sob seu corpo para que se ajustasse perfeitamente as suas curvas.

No dia anterior à sua morte, o irmão do presidente teria ido visita-la em seu apartamento.

Marilyn foi encontrada morta aos 36 anos, em 1962, com um vidro de tranquilizante e próxima ao telefone justificando a suspeita de uma overdose de medicamentos.

Mas, ainda hoje, a causa de sua morte é motivo para muitas polêmicas.

A musa teria completado 91 anos na última quinta (01/06). #Famosos #Cinema