Cada dia que se passa deve-se aprender a conquistar a parceira, amiga e companheira. Conquistar uma pessoa uma primeira vez pode-se dizer que é simples e fácil, mas, após revelar seus defeitos e suas falhas para ela, isso se torna uma realidade um pouco mais difícil. Veja abaixo três pontos para manter a arte da conquista no seu #Relacionamento!

1°) Seja sempre educado:

Muitas vezes no dia a dia, com todos os seus afazeres e problemas, se acaba esquecendo-se de manter os princípios de educação básica. Em um relacionamento, pode-se falhar nestes pontos facilmente, se esquecer de um simples bom dia, boa tarde ou boa noite, que são de suma importância na sociedade e relacionamento conjugal.

Publicidade
Publicidade

Sempre que ver sua parceira(o), a comprimente de formas sutis como um ‘’bom dia, meu #Amor’’, e já lhe pergunte, como está nessa manhã. Fácil aparentemente, mas a mente já inicia o dia tão cheia de tarefas que se acaba esquecendo o básico da cordialidade.

Evite usar palavrões, palavras que machucam e apelidos que afetam a imagem de certa forma de seu parceiro(a). Um bom vocabulário sempre vai instigar a vontade de a pessoa estar junto a você. Não se esqueça de que sua parceira(o) não é deposito de lixo, para que se venha e despeje tudo de ruim que aconteceu no dia a dia.

2°) Seja sempre atencioso:

Nunca a deixe pensar que a sua vida é mais importante que a dela ou dele. Vocês sabem que cada um tem sua importância no dia a dia, mas se sobrepor ou exaltar por causa de afazeres, deveres ou até mesmo por cargos exercidos é uma porta larga para uma discussão, para uma briga ou um atrito, podendo gerar um grande transtorno ao #Casal.

Publicidade

Sempre empreste de bom grado seus ouvidos a quem você ama, pois haverá dias que seu cônjuge simplesmente quer falar sobre o dia com alguém. Sempre será melhor que seja você o ouvinte, pois também será falado muitas vezes sobre algo mais íntimo ocorrido no dia a dia.

Se você não ficar atento, pode gerar outra porta para brigas e confusões, pois seu relacionamento acabará sendo aberto a outros ouvidos extraconjugais e isso é uma péssima escolha para quem ama o outro.

Sempre procure ajudar o companheiro(a) na hora da dificuldade, se transforme todos os dias no melhor amigo(a), dê motivos e liberdade para que seu parceiro(a) se sinta sempre à vontade de conversar sobre a vida e suas dificuldades. Se não acharem essa confiança entre si, provavelmente em certo ponto do seu relacionamento ele se romperá. Se você não se sente totalmente à vontade, totalmente com liberdade com seu cônjuge, não tem o porquê manter um relacionamento a dois com o intuito de ser uma só carne!

3°) Demonstre o amor:

Você pode ter pensado por que o amor veio em terceiro lugar? Por que o amor não era o primeiro desta lista? Sempre se é falado que o amor é a base, mas por que aqui é o terceiro lugar?

A resposta é simples: você já conquistou uma primeira vez o amor de seu ou sua companheira.

Publicidade

Então, mantendo os pontos 1 e 2 sempre ativos em sua vida conjugal, o amor sempre fluirá de maneira simples e sem nenhum impedimento.

Ninguém se apaixona por uma pessoa ignorante e mal-educada, muito menos por uma pessoa egoísta que só pensa nela mesma! Todas as vezes que você agir seguindo os dois primeiros pontos, esse terceiro estará acontecendo instantaneamente.

Você ainda pode melhorar essa relação a cada dia usando desse amor para presentear, xavecar, paquerar a pessoa amada. Lembre-se, do mesmo modo que você gosta de ser tratado, trate aquela pessoa amada ao seu lado, para que tudo venha sempre andar em paz e comunhão entre o casal e exalando o amor por onde passar.