Já não é de hoje que se ouve falar de histórias contando relatos paranormais envolvendo objetos e bonecas, que sempre acabam por atormentar e aterrorizar famílias. Alguns exemplos dessas histórias são a boneca Anabella, o boneco do Fofão, a famosa teoria da Hello Kitty e até mesmo o boneco do Chucky.

Recentemente, o foco sobre relatos de coisas paranormais se dirigiu para o Peru, na cidade de Callao, onde a família Nuñez mostrou-se estar aterrorizada com os acontecimentos dentro de sua casa. A família afirma que a boneca os atormenta há cerca de sete anos. A boneca Sarita, que possui olhos azuis chamativos e maçãs do rosto rosadas, aparentando doçura, não demonstra nada disso no seu cotidiano.

Publicidade
Publicidade

A família relata que tudo começou quando a dona da boneca morreu ainda garotinha. Uma tia da menina, Ivonne Nuñez, conta que sua sobrinha faleceu na casa, exatamente onde se encontrava a boneca. Devido à menina ter deixado boas lembranças à família, se tornou difícil para eles se desfazer do brinquedo.

A Sarita tem um mecanismo dentro que, ao apertar o botão localizado em suas costas, ela reza o Pai Nosso. As ações paranormais se dariam quando a boneca começa a orar sem se quer apertar o botão.

Sarita também demonstraria comportamentos estranhos. A boneca não passaria a noite sempre no mesmo cômodo, aparecendo em lugares diferentes da casa, como sofá, mesa ou o chão. Nunca no mesmo lugar onde foi deixada na noite anterior.

Demônio e exorcista

Angie Nuñez, também integrante da família, contou que é possível sentir uma energia ruim no quarto onde Sarita fica.

Publicidade

Há também barulhos e aparentemente sombras estranhas na casa. É comum também aparecer hematomas misteriosos na pessoas, contou a família, que diz serem provocados pela boneca.

A especialista em exorcismo Soraya de Los Angeles foi contratada para ajudar a família e tentar resolver a situação em que se encontravam. Ao entrar em contato com o ambiente da casa dos Nuñez, a especialista #paranormal concluiu que havia uma presença feminina maligna, onde a família deduziu ser sua sobrinha falecida.

A história deu o que falar, havendo muita repercussão, sendo até mesmo exibida no programa de TV "Verónica de Película", apresentado pelo canal ATV, do Peru. Ainda assim, há quem não acredite em coisas paranormais em contraponto o relato da família Nuñez, que foi documentado no programa, que foi ao ar no dia 8 de maio. A família Nuñez ainda não conseguiu se ver livre do que diz ser atividades paranormais. #Exorcista #Boneca do mal