Muitas pessoas costumam ter o hábito de guardar moedas antigas e nem imaginam o valor que algumas delas adquirem com o passar do tempo. Aparentemente, ao olhar para as moedas, as pessoas enxergam apenas o valor impresso nelas, mas para um colecionador o verdadeiro preço de uma moeda pode ir muito além do valor que ela representa.

Existem muitos colecionadores de moedas e quanto mais raras elas forem, maiores serão os valores de venda delas. Alguns colecionadores costumam se dispor a pagar grandes valores para terem determinados tipos de moedas em suas coleções. Às vezes, algumas pessoas jogam moedas fora, acreditando que elas não teriam nenhum valor comercial e, sem saber, ao jogar a moeda fora é como se estivessem jogando fora algumas centenas e até, eventualmente, milhares de reais.

Publicidade
Publicidade

O mesmo vale para as cédulas - tanto as antigas quanto algumas mais recentes e que já saíram de circulação.

A essa ciência de estudo histórico e artístico de moedas dá-se o nome de Numismática.

Existem cinco moedas brasileiras que são raras e, até o momento, no Brasil, são as que possuem o maior valor entre os colecionadores. Moedas que tiveram poucas tiragens chegam a custar até R$ 12,00 e algumas delas estão praticamente extintas.

Essas moedas geralmente são mais antigas ou então foram produzidas em homenagem a determinado evento realizado no país como é o caso das Olimpíadas. É uma verdadeira ‘joia’ que você pode ter guardado dentro de casa sem ao menos saber a fortuna que ela vale.

Conheça agora as 5 moedas mais caras do Brasil

A moeda de R$ 1,00 fabricada no ano de 1999 atualmente está custando R$ 12,00, e conforme os anos vão passando ela vai encarecendo ainda mais.

Publicidade

Quanto mais antiga, maior o valor, essa é uma regra básica.

Essa é a quinta moeda mais cara do Brasil.

No ano de 2012, a Casa da Moeda fabricou moedas com bandeira olímpica. A tiragem não foi tão grande. Elas foram feitas apenas em comemoração às Olimpíadas e hoje em dia elas valem 20 vezes mais do que o valor estampado nelas. A tendência é que o valor fique cada vez mais alto. Essa é a quarta moeda mais cara do Brasil.

A terceira moeda mais cara foi produzida entre 1999 e 2000 e era de apenas R$ 0,05, isso mesmo, cinco centavos. Os colecionadores têm ficado loucos com a data e a cor dessa moeda e nos dias de hoje elas podem valer até R$ 40,00 cada uma.

A moeda de R$ 0,10 fabricada no ano 2000 está em segundo lugar entre as mais caras. Colecionadores experientes poderão pagar até R$ 200,00 por cada moeda de R$ 0,10 fabricada no ano 2000.

Algumas moedas fabricadas no ano de 1998 carregam consigo o símbolo dos direitos humanos. Muitas pessoas nem imaginam, mas as moedas que carregam esse símbolo e estão em ótimo estado de conservação excedem o valor estampado nelas.

Publicidade

Existem moedas com valores altíssimos, como é o caso de algumas moedas comercializadas no site 'Clube da Medalhe'. Na categoria 'Militar' existe uma moeda cujo valor é superior a R$ 40.000,00.

Na seção de moedas comemorativas Rio 2016 é possível encontrar moedas sendo comercializadas com valor superior a R$ 1.000,00.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante e sempre ajuda no diálogo. #Moedas raras #Moedas que adquiriram valor