Apesar de o corretor ortográfico ser uma ferramenta que visa auxiliar os usuários nas conversas, ele acaba deixando-os em maus lençóis.

O #WhatsApp é uma das ferramentas de comunicação mais usadas no Brasil e no mundo. Apesar de ser um aplicativo que facilita demais a vida de todos, é também causador de raiva quando o corretor ortográfico corrige o que não se deve corrigir.

O que pode acontecer é uma #Conversa séria perder a credibilidade quando uma palavra ou até mesmo uma letra muda totalmente o sentido da conversa e coloca a pessoa em uma situação muito vergonhosa. Confira abaixo alguns exemplos:

1. Mãe e filha

As duas estão conversando e a filha conta sobre um encontro com um rapaz.

Publicidade
Publicidade

Na conversa, a filha queria dizer que o rapaz, ao beijá-la, colocou a língua em sua boca, mas o corretor mudou para “linguiça” e ficou bem estranho para uma conversa com a mãe.

2. Conversa romântica

Um casal conversando e o corretor acaba mudando os planos da garota. Ao invés de “Dois”, ele mudou para “Bois”.

3. Corretor provoca briga

Uma conversa natural e o corretor altera a palavra causando discórdia. Trocou “Banda” por outra coisa parecida e a reação foi imediata: “A da sua mãe”.

4. Admitindo que o corretor é sacana

Depois de trocar “trabalhando” por “rebolando”, a garota admite: “O corretor vive pra me sacanear”. Verdade! De fato atrapalhou.

5. Conversa de casal

Essa conversa é uma das melhores! O rapaz diz para a namorada que vai a um churrasco e ela se revolta com o que ele diz.

Publicidade

6. Dupla vergonha

O rapaz diz para sua amiga que agora está só “estuprando”, sendo que queria dizer “estudando”. A menina assusta e ele fala mal so aplicativo: “Corretor do inverno.”

7. Conversa entre amigos

Aquele momento que o amigo te chama pra casa dele e a garota responde “Tô no cio”, sendo que era pra ser “Tô no Rio”. No fim, ela levou tudo na brincadeira.

8. Mãe e filha

Quando uma conversa entre mãe e filho fica muito ousada, já se sabe que o corretor ortográfico é a causa. Nessa conversa, ele trocou “Tênis” por outra coisa de nome parecido.

9. Confundindo namorados

Outro caso parecido: a namorada queria um banquete do seu namorado, mas o corretor disse que ela queria outra coisa.

10. Conversa entre amigos

Outro exemplo e tênis sendo trocado por...você sabe!

Uma dica para que não passe tanta raiva com o corretor é revisar seu texto antes de enviar. Para garantir que não passará vergonha, é recomendável que nem o use, caso corra o risco de mandar uma mensagem 'esquisita' para um colega de escritório ou então para o chefe. A ansiedade de enviar mensagens acaba resultando em coisas desagradáveis e embaraçosas.