Médico é uma profissão que pode ser realmente muito bonita. No geral, os profissionais nunca param de estudar e a formação básica do especialista demora, pelo menos, oito anos. Estar sempre no médico, no entanto, pode ser um pesadelo para muitas pessoas. Em um passado recente, por exemplo, os homens praticamente não iam aos consultórios. Isso mudou com o passar do tempo. As mulheres, conhecidas por sempre se cuidarem, nem sempre se sentem à vontade ao falar sobre intimidades com os especialistas e é aí que mora o perigo.

Muitas não sabem, mas a mulher deve ir pelo menos uma vez ao ginecologista, mesmo que não tenha encontrado nenhum problema.

Publicidade
Publicidade

O ginecologista é o especialista que vai acompanhar a mulher durante toda a vida, desde antes da primeira menstruação até o pós-menopausa. O médico ajuda com anticoncepcionais, doenças no trato reprodutor e pode resolver também um problema chato, o corrimento vaginal.

Esse corrimento, no geral, é considerado normal. Algumas alterações, entretanto, devem virar alvo de atenção das mulheres. A forma como ele se apresenta, como cor e espessura, é importante. Apesar do muco que sai da vagina ser natural, quando ele está alterado pode esconder muitas doenças. Por isso, estar sempre em um médico é essencial para tirar não somente as dúvidas da cabeça, mas também a preocupação em torno do tema.

Tenho corrimento vaginal: o que fazer? Devo me preocupar?

Os ginecologistas dizem que as mulheres necessitam estar sempre de olho nas doenças que se relacionam ao líquido que sai da vagina.

Publicidade

A preocupação deve existir quando alguns fatores diferentes acontecem, como coceira todas as vezes que o corrimento aparece. Isso não é um sinal normal e pode sim indicar uma possível #Doença.

Se, durante a saída do muco vaginal, existir ainda mal cheiro, tome cuidado. Isso porque pode indicar uma infecção ou doença sexualmente transmissível, as famosas DSTs. Esse é mais um motivo que deve fazer com que as mulheres procurem seus médicos.

Fique atenta à cor do corrimento vaginal

Existe sim o muco vaginal considerado normal. De acordo com especialistas, ele aparece quando está entre a cor clara de ovo e o branco. O muco, no geral, quando não apresenta normalidade, também é levemente espesso.

Segundo os ginecologistas, quando esse líquido se apresenta nas cores branco-acinzentado, rosa, amarelo, marrom e outras que não o transparente ou levemente branco, é porque existe algum tipo de doença. O médico irá passar exames e ajudar a paciente nessa descoberta. #Saúde