O #amor é como uma caixinha de surpresas e a todo momento pessoas de todas as partes do mundo sofrem por causa desse sentimento ou são extremamente felizes por causa dele. Mas a verdade mesmo é que, a cada decepção amorosa que uma pessoa sofre, uma lição de vida ela aprende e, desse modo, vai ficando mais forte para enfrentar outros tipos de #Relacionamentos.

Assim, pode-se acreditar que cada experiência dessas, referentes à vida amorosa de alguém, é importante para que essa pessoa se constitua de um caráter muito bem estruturado.

Veja a seguir quais são as principais lições amorosas que você deve pôr em prática ainda neste ano de 2017, essas que lhe deixarão mais resistente a decepções amorosas, ou que ajudarão a amar melhor, do jeito mais certo e mais sensato.

Publicidade
Publicidade

Confira:

  • Esqueça a ideia de que você precisa de alguém para ser uma pessoa completa. Esteja bem com o seu modo de ser, busque alguém que some, se dê o devido valor.
  • Procure reconhecer os seus erros e tente aceitar as falhas da pessoa amada. Saiba perdoar e relevar algumas coisas para buscar uma convivência harmônica.
  • Ceder não é o mesmo que submissão, mas sim, que você é uma pessoa madura e que está pronta para se comprometer por completo de forma amorosa com alguém.
  • Saiba que ter uma ‘DR’ muitas vezes significa ‘tentar salvar um relacionamento’ e mesmo que essas discussões sejam chatas, elas são necessárias.
  • Saiba ouvir e procure falar menos. Procure entender o próximo e veja as coisas pelo lado do seu grande amor.
  • Para os casais que vivem muito tempo juntos, é importante reservar, sempre que puderem, um tempo para os dois, sem a interrupção de ninguém, sem os filhos, para se ter mais momentos agradáveis a sós.
  • Esqueça um pouco a TV, o computador, redes sociais ou o celular. Preste mais atenção em seu parceiro ou parceira.
  • Seja independente quando puder, tire alguns momentos para ficar só, para pensar na vida e em como você também é autossuficiente.
  • Caso haja pretensão em levar uma #vida a dois, esteja devidamente preparado(a) para isso, para tudo o que há de vir com esse compromisso, como as surpresas, alegrias ou decepções que podem surgir no caminho.
  • Não tenha vergonha de discutir ou conversar sobre a sua vida sexual com quem decidiu dividir a vida. Coloque tudo em prática, fantasias, desejos e tudo mais.
  • Tente pensar que ‘é melhor viver só do que mal acompanhado(a)', pois é muito mais saudável optar pela vida de solteiro(a), do que insistir em uma relação falida apenas pelo comodismo.
  • Dê valor a pequenos momentos especiais, mesmo que sejam banais, tudo ao invés de ficar sonhando ou esperando por algum grandioso fato.
  • Seja frágil e chore quando for preciso, mesmo que esteja na frente da pessoa amada, não tenha receio disso.
  • Caso ache que é preciso fazer algo para mudar a relação, dê o primeiro passo sem medo.
  • Use a sua educação sempre que for preciso, saiba dizer ‘obrigada’, ‘com licença’ ou ‘eu te amo’, assim que necessário.

São simples atos que fazem um casal ou uma pessoa solteira serem felizes por completo.

Publicidade

A sua vida amorosa não precisa ser um fardo. Quem define a sua felicidade é apenas você e a vida é muito curta para que as pessoas passem por ela brigados ou infelizes, muitas vezes, por causa de detalhes pequenos e banais.