Algumas histórias podem acabar comovendo muita gente. Não é fácil conviver com a pobreza e, ao mesmo tempo, dar de tudo para um filho. A história de um homem de Bangladesh, por exemplo, ganhou o mundo recentemente.

O nome dele é Idris e o seu relato de #vida acabou comovendo milhares de pessoas por todo o planeta. Idris nasceu muito pobre. Ele tinha tudo para não conquistar o que queria, mas se esforçou. O homem era capaz de dar todo o seu potencial para que a família ficasse bem e ter do bom e do melhor. Pai de duas filhas, ele não gostava o que fazia para elas. O medo do homem era que as garotas se envergonhassem de sua profissão.

Publicidade
Publicidade

Idris fazia a limpeza do esgoto da região e tinha uma rotina difícil.

Homem diz que não queria que filhas fossem humilhadas como ele foi

A história de Idris seria desconhecida não fosse por uma questão. Um famoso fotógrafo, GMB Akash, estava passando pela região e viu o trabalho do homem. Ele pediu para tirar uma foto dele e ouviu toda a história. Muito comovido, GMB Akash tirou a foto do rosto cansado de Idris e publicou em seu Facebook. Rapidamente, o relato ganhou o mundo. O homem de Bangladesh tinha uma das profissões mais difíceis do mundo. Para não deixar nenhum vestígio de sua profissão às filhas, ele chegava a tomar banhos em banheiros públicos.

Questionado sobre o motivo das mentiras, o homem explicou que durante toda a vida acabou sofrendo os mais diversos tipos de humilhação e que não queria que as filhas passassem também por isso.

Publicidade

Ele temia que elas não conseguissem fazer atividades comuns do dia a dia, como ir à escola. O pai contava para suas filhas que trabalhava como operário, uma atividade mais comum entre homens de sua região. Ele diz que fez tudo isso para que as meninas tivessem mais dignidade. Ele não queria que elas tivessem que andar cabisbaixas nas ruas, por exemplo.

Pai que limpa esgoto investe tudo na educação das filhas: 'Nunca comprei uma camisa nova para mim'

Na entrevista, o limpador de esgoto conta também que sempre investiu todo o seu salário na educação das meninas. Ele usava a grana para comprar livros para as garotas e diz que nunca se importou, por exemplo, de nunca ter comprado sequer uma blusa nova para ele. Morreremos de fome hoje se for necessário, mas nossas filhas têm que ir à universidade", disse o homem, que chegou a chorar, por exemplo, quando uma das filhas passou na universidade, mas não tinha dinheiro para a própria matrícula. Ele chorou dias e sua história fez com que pessoas caridosas pagassem o valor. #Curiosidades