Algumas histórias que são contadas parecem saídas diretamente de um conto de fadas, ou de um filme de terror. É o caso desse relato de uma mãe canadense que perdeu a sua filha em uma situação inusitada.

A mulher decidiu divulgar a #Morte da filha para alertar sobre os riscos que muitos jovens correm e evitar que mais tragédias como essa aconteçam.

A morte ocorreu em 2012, mas somente agora a história veio a tona. A mulher usou a mídia para relatar a triste morte de sua filha, Myriam Ducré-Lemay, e alertar sobre alguns dos perigos ocultos que muitas pessoas nem imaginam que podem ser fatais.

Entenda o que levou a morte da #Jovem canadense

A história contada pela mãe começa de maneira simples e tradicional.

Publicidade
Publicidade

Myriam Ducré-Lemay, que tinha apenas 20 anos em 2012, conheceu um rapaz por quem se apaixonou perdidamente.

Os dois jovens começaram um relacionamento feliz e respeitoso, e a menina estava realmente muito contente com o rumo de sua vida ao lado do novo amor.

Certo dia, o casal foi junto a uma festa e saiu muito tarde do evento. Myriam Ducré-Lemay então decidiu ir até a casa do novo namorado e passar a noite lá. Essa foi a última noite viva de Myriam Ducré-Lemay, que pouco tempo depois seria vítima de um acidente fatal e dramático.

O #beijo de boa noite que matou Myriam Ducré-Lemay

A mãe da menina relatou que como o relacionamento entre os jovens era muito recente, eles ainda não se conheciam completamente e não tinham contado algumas coisas a respeito de suas vidas.

Uma das maiores curiosidades sobre Myriam Ducré-Lemay é que a garota era extremamente alérgica a amendoim, e esse se tornou o fator determinante para a morte da menina.

Publicidade

Quando chegaram a casa depois da festa, o namorado de Myriam estava faminto e foi para a cozinha preparar um lanche enquanto a garota se ajeitava para ir dormir.

O menino então comeu o lanche na cozinha e se dirigiu ao quarto para relaxar ao lado da namorada, mas então começou o terror.

Ao entrar no quarto, o jovem deu um beijo de boa noite na namorada, sem saber que haviam resquícios do ingrediente fatal em seus lábios. Imediatamente Myriam Ducré-Lemay começou a reagir ao amendoim, e o resgate foi chamado.

Morte rápida não deixou tempo para socorro

O mais assustador, no entanto, foi a velocidade com que a menina chegou ao óbito. Segundo a mãe, o resgate foi chamado e chegou ao local apenas 8 minutos após a solicitação. Esse tempo foi suficiente para que Myriam sofresse um choque anafilático e morresse sufocada por conta da alergia.

A jovem não estava com sua medicação de emergência na hora, o que também contribuiu para o final trágico dessa história.