Que o amor tem seus mistérios e atitudes incompreensíveis isso ninguém duvida. Graças a tecnologia que se renova a cada dia, bonecas infláveis com feições humanas são a nova moda no mercado japonês. A linha de bonecas infláveis é tão realista que quase não dá pra distinguir o produto de uma mulher comum e, segundo especialistas, quem compra não vai nem precisar de uma namorada. Será mesmo?

O japonês Masayuki Ozaki pode explicar melhor. Ele é casado, mas vive em um casamento sem relação íntima. Para preencher essa necessidade, Ozaki comprou algumas bonecas realistas. Ele revelou que sem manter relações sexuais estava se sentindo sozinho e precisava ter suas vontades saciadas.

Publicidade
Publicidade

As bonecas convivem e dividem a cama com a esposa.

Quando Ozaki ficou sabendo da produção desse material, buscou informações em sites e revistas e foi assistir a uma exposição sobre os modelos. Ele disse que ficou encantado por elas e enxergou a possibilidade real de saciar as necessidades sem abandonar a mulher que ama. Agora, ele leva suas bonecas até para passeios.

Ozaki relatou ainda que, de início, sua filha Mayu demorou para entender o sentido de suas bonecas gigantes e realistas. Realmente, era algo novo e estranho na vida da adolescente. Mas, com o tempo, ele disse que tudo foi esclarecido para a saúde do casamento, tendo em vista que a esposa aceitou tal situação dentro de casa.

Ele declarou que as mulheres do Japão tem seus corações muito duros e são muito egoístas. Isso afetou a relação dos dois, que agora vivem em harmonia conjugal depois da compra das bonecas.

Publicidade

Por ano, são mais de 2 mil bonecas vendidas no Japão e os modelos completos, com cabeça e órgãos sexuais removíveis, podem chegar a custar o equivalente a R$20.000,00. O seu primeiro modelo chegou aos mercados no ano de 1981 e as mais modernas fabricadas em látex e silicone começaram a ser fabricadas no ano de 2001. #bonecagigante #casamentosemsexo #Relacionamento