Americano de Michigan, Tim McGrath, de 38 anos, perdeu a metade do seu #rosto após uma #Cirurgia para remoção de um cancêr e um ano depois teve seu rosto preenchido com pele do braço e perna.

Tim foi diagnosticado em fevereiro de 2014 com "Sarcoma sinovial", um raro tipo de cancêr que resultou em um grande tumor maligno em seu rosto, resistente até mesmo a quimioterapia.

Em 2015, o tumor já havia dobrado de tamanho e Tim não conseguia fazer mais tarefas simples como se alimentar, pois o tumor havia afetado a boca e seus movimentos da cabeça.

Depois de tratamentos com radiação, médicos tentaram diversas formas para retirar o tumor, porém o corpo de Tim rejeitou as mutíplas tentativas, e a única alternativa foi a remoção de metade da face que estava afetada.

Publicidade
Publicidade

Depois de um ano da remoção, e com metade do rosto exposto, um famoso cirurgião, Dr. Kongkrit Chaiyasate, ficou sabendo da história de McGrath, e resolveu ajuda-lo a reconstruir o lado esquerdo do rosto, usando a pele de outras partes do corpo, como os braços e pernas.

O procedimento era de risco, por estar próximo de vasos sanguíneos, e durou mais de 30 horas.

Em entrevista a um jornal o homem disse: "Após a cirurgia de retirada do tumor, eu estava de coração partido, eu não conseguia acreditar que algum dia conseguiria recuperar a outra metade domeu rosto, até o Dr. Chaiyasate aparecer e me fazer ficar realmente esperançoso com o resultado".

A doença

Esses tumores cancerígenos têm origem de células multipotenciais. Localizam-se, comumente, nas proximidades das articulações, sobretudo nos membros inferiores, em posição extra-articular.

Publicidade

Menos de 10% são intra-articulares.

O pico de incidência ocorre antes dos 30 anos de idade e o sexo masculino é mais afetado do que o feminino, numa proporção de cerca 1,2 para 1.

A doença não evidencia sintomas nos primeiros estágios, mas depois de algum tempo a área afetada sofre irritação e dores fortes, até o tumor aparecer.

Mais de 3.000 mil casos são registrados a cada ano em todo mundo.

Depois da cirurgia

Tim se recupera dos procedimentos e leva uma vida normal, recentemente criou um site (Tough Like Tim) onde conta sua história de superação e oferece inspiração aos outros.

As cirurgias continuarão até 2018, no próximo inverno após a total recuperação, McGrath tem outra cirurgia marcada, dessa vez para devolver os movimentos da boca e então Tim poderá voltar a comer e beber normalmente, garante o Dr. Kongkrit Chaiyasate #2017