Mark Hook está sendo acusado de ter cometido vários crimes sexuais contra um cachorro, de raça Labrador. O homem, de 31 anos, assumiu os crimes e corre agora o risco de ficar na cadeia. O juiz Mark Horton, do tribunal de Bristol, esteve reunido com o suspeito e já deixou o homem avisado que ele será sentenciado em 11 de agosto e que seu futuro deverá passar pela prisão. O agressor assumiu a prática de dez crimes sexuais, incluindo com o cachorro, permitindo que o animal o penetrasse.

Os detalhes desses crimes chegam a ser doentios, por tudo o que esse homem fez. Ele admitiu, então, as relações com o cachorro, de quem teria abusado sexualmente.

Publicidade
Publicidade

Ele se declarou ainda culpado de fazer imagens indecentes de crianças e possuir imagens pornográficas extremas.

Ele se apresentou, no tribunal de Bristol, assumindo tudo. De todos os crimes que é acusado, ele assumiu todos, não negando nem mesmo as práticas mais insólitas de todas, como os abusos no cachorro. Apesar de confessar todos os crimes, ele foi informado que está correndo o sério risco de apanhar uma pena na cadeia. No tribunal, ele esteve de cabeça levantada, perante o juiz, mas quando deixou a sala, se recusou a comentar esse caso.

O homem vai agora aguardar pelo julgamento, em liberdade, depois do juiz já o ter deixado convencido de que ele vai ser preso por esses crimes. A acusação pedia mesmo isso, que ele enfrente julgamento. James Ward acredita que ele cometeu crimes mais que suficientes para ficar preso.

Publicidade

A defesa, naturalmente, não está de acordo. Robert Duval falou na defesa de Hook, dizendo que as infrações anteriores desse homem já nada teriam a ver com esse caso. Duval estava se referindo a duas acusações de distribuir imagens indecentes de crianças e três acusações de publicação de um artigo obsceno, ou seja, pornografia. Para o advogado de defesa, ele agora só teria que ser julgado pelos crimes contra o cachorro, por essa razão, ele não deveria ser preso.

No entanto, o juiz Mark Horton disse que "existe um risco significativo de ele entrar na prisão. Eu sei que ele sabe muito bem o resultado que é provável neste caso", acreditando que uma pena de cadeia será o mais indicado para esse caso, que, ainda para mais, mostra os comportamentos sexuais doentios e recorrentes desse homem.

Esse não será o primeiro caso de zoofilia terminando em pena de cadeia. Recentemente, também na Inglaterra, uma mulher foi presa, após ter abusado sexualmente de um cachorro, fazendo vídeos disso, que vendia como pornografia.

No caso de Hook, ele será julgado no dia 11 de agosto, momento em que vai ficar sabendo se ele será ou não preso efetivamente. #Abuso Sexual #Animais #Justiça