A história toda começou pelo #twitter. Foi quando Lila, uma britânica, colocou em seu perfil que estava procurando alguém do sexo masculino para ir com ela no #Casamento da sua irmã. Sendo que a princípio, tudo não passava de uma brincadeira da jovem, que inclusive, vive atualmente no Reino Unido, em Londres.

No convite, a jovem escreveu um detalhe que chamou a atenção de todos, pois este, havia sido destinado para qualquer estranho. Nele, ela deixou bem claro que estava precisando da ajuda de um homem, questionava se poderia pegá-lo (o estranho) emprestado para ser seu companheiro no fim de semana para ir ao casamento da sua irmã.

Publicidade
Publicidade

“...posso te pegar emprestado para um casamento... ponto bônus se você tiver um bebê que eu possa fingir ser meu...”, escreveu Lila em sua mensagem destinada a qualquer estranho. Logo depois surgiu um homem que, em resposta para a mensagem da jovem, aparentemente teria aceitado o desafio da moça.

Em resposta ao apelo de Lila, o homem, que se chama Phil Gibson, disse que iria com ela no casamento e que até já tinha o terno para acompanhá-la. Para a sua surpresa, a jovem respondeu e mandou um recado que dizia que o encontraria no altar.

Achando aquilo tudo muito engraçado, o rapaz ainda brincou perguntando se aquilo não seria apenas um encontro, porém, ele pouco imaginava o que ia acontecer depois.

O resultado de tudo foi que Gibson nunca foi no casamento com Lila, mas três anos depois que tudo isso aconteceu, os pombinhos se casaram.

Publicidade

A britânica fez questão de explicar com um tuíte o que aconteceu. Segundo ela, na semana em que ela e o ‘estranho’ se conheceram pelo Twitter, eles não foram no casamento juntos, mas se encontraram posteriormente. Ela então contou, de forma oficial, que três anos depois ela e o rapaz decidiram se casar. Prova disso foi a foto que ela postou junto com a publicação, na qual estava vestida de noiva ao lado de Gibson, dentro de um carro.

Lila ainda postou outras fotos dos pombinhos curtindo lua de mel. A história ganhou os corações de muitos internautas e se tornou um marco da internet.

Assim como Lila e Gibson, muitos outros casais se conheceram pela internet de forma inusitada e vivem juntos até os dias atuais. Algo que comprova apenas o quanto o amor não tem limites e que, para se apaixonar, basta que algum coração esteja livre e disponível para o amor, seja ele entre pessoas que se conhecem a vida toda, ou por estranhos que acabaram de ser ver pela web. #Mulher