O ser humano é uma bomba relógio. Vivemos expostos aos mais diversos riscos, e por isso é possível que qualquer doença seja contraída e encubada no organismo, sem sequer percebermos.

Para evitar alguns problemas de #Saúde, é importante que as pessoas mantenham um nível mínimo de higiene, e tomem alguns cuidados muito fáceis de serem aplicados ao dia a dia.

Uma das #Dicas mais clássicas para prezar pela boa saúde é lavar as mãos. Seja depois de ir ao banheiro, antes de se alimentar, ou mesmo quando chegar em casa, lavar as mãos evita que uma série de vírus e bactérias invadam o organismo.

Mas também é indicado que você não compartilhe uma série de objetos que muitas vezes são inocentemente “emprestados” e podem se tornar os portadores das #Doenças.

Publicidade
Publicidade

Veja a seguir.

Descubra quais objetos não devem ser emprestados

É normal que às vezes uma pessoa peça uma coisa emprestada à outra, mas pode ser que esse objeto inofensivo traga consigo uma série de problemas. Veja a seguir quais são os objetos que podem lhe passar uma doença:

1 - Lâminas de barbear

As lâminas podem transferir bactérias e infecções de uma pessoa para outra, além de também poder portar as doenças que são passadas através de fluidos, com a AIDS. Objetos que entram em contato com o sangue nunca devem ser compartilhados.

2 -Toalhas

As toalhas parecem inofensivas, mas elas ficam tanto tempo úmidas que se tornam um ambiente ideal para a propagação de fungos e bactérias. Compartilhar uma toalha é uma maneira muito fácil de contrair uma micose ou irritação.

Publicidade

3 - Buchas de banho

Elas também são vítimas da umidade, e se tornam perfeitas para propagar fungos e bactérias. O ideal é que cada pessoa tenha a sua, e não compartilhe esse artefato.

4 - Desodorante Roll-On

Além de não ser muito higiênico emprestar ou pegar emprestado esse tipo de produto, eles são cheios de fungos e bactérias, pois são justamente elas as causadoras do mau cheiro das axilas. Cada um com o seu.

5 - Protetores labiais

Já percebeu como o seu lábio é sensível? Basta qualquer coisinha para ele criar uma fissura e se machucar. Isso faz com que os protetores labiais ou batons tenham acesso à corrente sanguínea, que é a grande portadora dos vírus e bactérias para o seu corpo.

Se você estiver com um machucado, e compartilhar um batom com uma outra pessoa também ferida, grandes chances de vocês partilharem também de uma doença como herpes.

Publicidade

6 - Fones de ouvido

Talvez essa seja a maior novidade nesse artigo, pois é muito comum que as pessoas compartilhem esse objeto. Mas acontece que ele se mantém em contato com a cera de ouvido, que pode conter infecções e problemas, e será transmitido através do fone para outras pessoas.